Domingo, 14 Junho 2020 10:51

MAIS DE 6 MILHÕES EM INVESTIMENTOS

Avalie este item
(1 Votar)
Boa Vista teve o fornecimento de água ampliado em 2,8 milhões de litros pela Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima). Essa quantidade somada ao que é produzido no Centro de Captação e ETA (Estação de Tratamento) do bairro São Pedro (que capta água do rio Branco), totaliza atualmente 127 milhões de litros por dia na capital, que detém 70% da população do Estado.
 
Em 2019, a Caer já havia perfurado quatro poços, beneficiando os bairros São Bento, Aracélis, Vila Jardim e Pedra Pintada, além de revitalizar outros dez. Em 2020, até agora foram perfurados mais quatro poços no bairro Cinturão Verde, loteamento Cidade Universitária, Conjunto Pérola (em Boa Vista), além da Cidade Santa Cecília (no Cantá), totalizando 67 poços ativos na capital.
 
Boa Vista teve um aumento populacional de 7%, passando de 33.020 em 2017 para 375.374 moradores em 2020, ou seja, 43.354 pessoas a mais nos últimos três anos, e as medidas adotadas pela empresa visam atender esta demanda, seguindo o recomendado pelas autoridades em saúde diante da crise sanitária com a pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), que requer o uso frequente de água e sabão como medidas para evitar o risco de contágio pela doença.
“Com a perfuração dos novos poços, a empresa previne eventuais problemas no abastecimento em vários bairros de Boa Vista considerados críticos e também nos municípios em caráter de urgência, melhorando o abastecimento, principalmente neste período de pandemia, quando a água é elemento essencial na higienização”, disse James Serrador, presidente da Caer.
 
 poco artesiano caer
Investimento
 
A Caer está investindo R$ 6 milhões de recursos próprios para ampliar a oferta de água na capital. As obras de ampliação do serviço são acompanhadas pelo governador Antonio Denarium, que faz questão de estar presente nas operações.
 
“Mesmo diante das medidas de prevenção ao Coronavírus, a Caer não pode reduzir suas atividades por prestar um serviço essencial. Serão perfurados poços artesianos em todo o Estado de Roraima, de maneira a reduzir drasticamente os problemas enfrentados com o abastecimento de água devido à estiagem”, afirmou Denarium.