Segunda, 01 Junho 2020 10:32

CONCILIARR EM AÇÃO VIRTUAL

Avalie este item
(2 votos)

 

Tribunal de Justiça de Roraima promove um mês de conciliações virtuais...Mais de 1.500 audiências de conciliação já estão marcadas para serem realizadas neste mês de junho nas diversas Varas do Poder Judiciário de Roraima

A primeira etapa da segunda edição do ConciliaRR (Concilia Roraima) – Mês Estadual da Conciliação, promovido pelo TJRR (Tribunal de Justiça de Roraima) começa nesta segunda-feira, dia 1o de junho em todo o Estado. Mais de 1.500 audiências de conciliação já estão marcadas para serem realizadas durante todo este mês de junho.

E este ano a ação do TJRR será realizada com duas novidades. Uma é que o ConciliaRR será ocorrerá em duas fases. A primeira neste mês de junho e a segunda, programada para outubro. A segunda é que, devido à pandemia provocada pelo novo Coronavírus (Covid-19), todas as audiências desta primeira etapa serão executadas em ambiente virtual.

O presidente do TJRR, desembargador Mozarildo Cavalcanti, explicou que o ConciliaRR já estava programado para ser realizado em duas etapas desde o ano passado, quando a primeira edição superou as expectativas de acordos, necessitando apenas passar por essa adaptação da forma de viabilizar as audiências devido à situação de pandemia.

Tivemos no ano passado um resultado muito superior ao que esperávamos alcançar. Com mais de mil acordos, que superaram em mais de 40% o índice nacional de conciliações. Dessa maneira, resolvemos ampliar o ConciliaRR, pois os resultados demonstram que a conciliação é a melhor alternativa para a resolução de conflitos. Enfrentaremos as dificuldades decorrentes da pandemia através do suporte tecnológico que o Poder Judiciário oferece à população para a realização de todos os nossos serviços, em especial as audiências e as sessões de conciliação e mediação”, destacou.

CAPITAL E INTERIOR

Segundo o coordenador do Nupemec (Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos), o juiz auxiliar da Presidência Aluizio Vieira, um total de 1.687 audiências na Capital e Interior já estão agendadas para serem realizadas por meio do projeto Concórdia Virtual, que garante a promoção de conciliação e mediação, mesmo à distância. Para isso, o Scriba (Sistema de Inteligência Artificial de Audiências e Videoconferências) é utilizado, oferecendo todo o suporte necessário em ambiente virtual para todas as partes envolvidas.
“As equipes do Nupemec, Cejusc e diversas Varas do Tribunal de Justiça de Roraima, da Capital e Interior, organizaram uma agenda inteligente para a realização dessas audiências. As partes estão sendo convocadas e nas notificações, recebem todas as orientações para garantir a participação nessas audiências via plataforma Scriba. A expectativa é que consigamos atender ao maior número possível de ações”, comentou o magistrado.

Dentre as empresas com audiências agendadas para o processo de conciliação e mediação com os consumidores, estão Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) e Roraima Energia.

COMO PARTICIPAR?

Para esta edição, a organização do ConciliaRR elaborou instruções para quem precisar de orientações na hora de acessar a sala de audiência virtual. Para participar de uma audiência por meio da plataforma, basta digitar o endereço eletrônico que recebeu na aba do navegador, seja do computador ou do celular, e depois é só apertar a tecla enter para acessar o endereço eletrônico. Então, a página do Scriba será aberta e conterá a identificação do perfil e do processo de quem acessou.

Após inserir o nome e sobrenome, o usuário deverá apertar no botão “avançar” para poder acessar a sala. Já dentro da plataforma, o sistema Scriba TJRR solicitará a permissão para acesso ao dispositivo de som do celular/notebook. Sendo assim, é só clicar no ícone de microfone que aparecerá na tela do aparelho e depois em compartilhar ou permitir e depois confirmar se você consegue ouvir o áudio.

Quando a câmera for ativada para iniciar a audiência, o usuário deverá usar fones de ouvido e o aparelho totalmente carregado, além de estar em ambiente sem ruídos e com boa iluminação. Qualquer dúvida pode ser tirada através do número da Cejusc (Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania do Poder Judiciário) por meio do telefone: (95) 3198-4781 e 98405-5681 ou pelo email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..