Quarta, 19 Fevereiro 2020 09:26

JALSER REBATE MORO...'NENHUM PROCESSO'

Avalie este item
(1 Votar)
Foto/by bob - Um presidente que se acha o MIckey Mouse Foto/by bob - Um presidente que se acha o MIckey Mouse

REDAÇÃO AgNorte

agnorte.com.br

Por Marlen Lima

A abertura dos trabalhos legislativos do ano de 2020 foi feita dentro do que se esperava.

Em artigo - Assembleia retorna e Jalser vai discursar? - colocamos nossa posição sobre Jalser Renier como presidente do parlamento estadaual iria ou não quebrar o protocolo, mais uma vez, e também dividir a Tribuna da Assembleia Legislativa com o governador Antonio Denariu, que deveria ser o único a discursar.

Ele foi! Falou e se achou um estadista...Um político indispensável...Um homem que nada teme! 

Para quem conhece o estilo de politicagem de Jalser, tinha certeza de que ele não saberia se conter, de respeitar as regras, e ele foi lá abriu os trabalhos e pediu a voz à Tribuna.

Da Tribuna Jalser Renier explanou sobre as ações do poder legislativo como se estivesse de fato dando uma satisfação à sociedade, listrando o que ele chama de avanços políticos, sociais com seus programas assistencialistas, populistas que vão de encontro com o real papel da Assembleia Legislativa - algo que o próprio Jalser, em discurso, diz reconhecer que não é papel da Assembleia Legislativa, com essa coisa de oferecer cursos de artes marciais, de portguês e etc...Ou seja, um assistencialismo populesco com propagandas elaboradas, altamente caras e irregular, quiçá ilegal.

Até agora não se sabe por parte do Ministério Público se investiga ou não tais ações eleitoreiras deste assistencialismo da Assembleia comandada por Jalser. 

Mais.

Não se contendo por ter sido apontado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro como sendo em Roraima o político que deve ser defenestrado pela sociedade, isto diante de tantos processos criminais que responde, e que condenado recorre, Jalser  não se conteve e brandou ser um homem de bem, inocente, e que sequer tem algum processo na justiça.

"Ao invés de o ministro (Moro) vim pregar sobre uma saída para imigração venezuelana, Infelizmente, ele (Moro) vem aqui no meu Estado atacar uma pessoa que ele (Moro) não conhece, que não tem absolutamente nenhum processo, que cujo o processo ainda nem foi recebido pelo Tribunal (Justiça de Roraima)", disse o honesto Jalser....(Mas, afinal, agora tem processo...??!!! - ou não tem??!!)

Mas, assim é Jalser....Um político que atropela os poderes, enfrenta a todos achando que pode intimidar porque é dono de um orçamento de mais de 200 milhões, e com este dinheiro em parte desviado tem sido acusado pelo Ministério Público ser o grande articulador, o comandante de uma Organização Criminosa, que tem assaltado o cofre público.

O ex presidiário, pelo contrário do que diz, é repleto de processos criminais nas mais variadas instâncias, vem na maior cara de pau dizer que `NÃO TEM ENHUM PROCESSO'??!!

Vejamos.

Jalser de fato é um acinte à boa e correta, justa e ética política.

Jalser não merece, de fato nenhum, respeito da sociedade que deve, sim, aceitar os sábios e determinantes conselhos de ministro, como Sérgio Moro, que diz que políticos como Jalser o correto é o voto direto para a cadeia para pagar por seus crimes.

Ou será que alguém em Roraima é capaz de dizer que Moro mentiu ao analisar o perfil de Jalser ser o mesmo de Eduardo Cunha, que foi presidente corrupto da Câmara Federal, que está preso, tendo sido pego pela Operação Lava Jato.

APERTE O PLAY E VEJA O VÍDEO:

Pela Lava Jato não, mas...

Mas, não!!

Jalser não será pego pela Lava Jato!

Mas, Jalser será, sim, pego pelos mais de 25 processos que tem na Justiça. 

O campeão em número de processos na Justiça estadual e no Supremo Tribunal Federal (STF) - são nove processos em andamento no TJ de Roraima e 17 em Brasília, uma hora vai ser preso, de novo, e aí vem o resto dos processos.

Olha só.

Até o momento em que vinha feliz afirmando sua necessidade de existir por estar podendo 'atender' a sociedade com os seus cursos e demais ações legislativas sociais, daí ele acreditar ser o maior paladino dos jovens, porém, Jalser peca muito ele mesmo se entrega, se derruba!

Querer se trocar com Moro é demais!

Agora é esperar que a tal Justiça (que levou um puxão de orelha - indiretamente de Moro) dar continuidade de forma mais célere ao processo que pede o afastamento imediato de Jalser Renier da Presidência da Assembleia Legislativa.

A verdade é que nenhum deputado, que ele 'atende', que ele beneficia, aguenta essas sandices, essas explosões de agressão que Jalser comete contra todos, pois seus rompantes de arrogância e autoritarismo dentro do poder legislativo são comuns.

No fundo todos dizem -Fora Rato!!