Sábado, 21 Dezembro 2019 11:00

DISTRITO INDUSTRIAL SERÁ REVITALIZADO

Avalie este item
(106 votos)

Convênio assinado na manhã desta sexta-feira, 20, autorizou a liberação de R$ 8,5 milhões para que o Governo do Estado dê início às obras de revitalização do Distrito Industrial Governador Aquilino Mota Duarte. Conforme o governador Antonio Denarium, os recursos assegurados pela Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus), por meio de emenda da bancada federal de Roraima, serão aplicados na primeira fase do projeto de reforma..

A assinatura do convênio que formalizou a liberação de verba ocorreu durante confraternização dos servidores da Seplan (Secretaria Estadual de Planejamento e Desenvolvimento), que também reuniu parlamentares e secretários de Estado.

 “Acabamos de assinar o contrato com a Suframa, que tem a origem de recursos de emendas de bancadas dos nossos deputados federais. Também estaremos recebendo em 2020 uma emenda de mais R$ 10 milhões, que serão somados na infraestrutura do nosso Distrito Industrial. É um compromisso do Governo do Estado apoiar quem trabalha e produz”, frisou o governador.

Denarium reforçou que os R$ 8,5 milhões liberados são recursos fundamentais para o início do projeto de restruturação do Distrito Industrial, que contempla pavimentação e drenagem, e destacou que tem dado atenção especial no que tange à atração de investimentos e fortalecimento dos empresários que já empreendem em Roraima.

O secretário de Planejamento, Marcos Jorge, lembrou que no mês de julho o superintendente da Zona Franca de Manaus, Alfredo Menezes, visitou Roraima e garantiu ao governador Antonio Denarium recursos para que o Governo pudesse investir na revitalização do Distrito.

 “Quero destacar o empenho do governador Denarium junto ao presidente Jair Bolsonaro para liberação desses recursos; do senador Mecias de Jesus e do deputado federal Jhonathan de Jesus, que acompanharam muito de perto a liberação desta emenda da bancada; e também do superintendente da Suframa, o coronel Alfredo Menezes, que nos deu todo o apoio e se comprometeu com a liberação”, disse.

A primeira etapa de obras do complexo industrial envolve a pavimentação da Avenida Parque Industrial, principal via que dá acesso às demais ruas e que também concentra serviços públicos, tais como a delegacia do 5º Distrito Policial, serviços ligados ao sistema S, como o centro de formação do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Roraima), restaurante do Sesi (Serviço Social da Indústria), destinado aos trabalhadores da região, entre outros, servindo como a porta de entrada.

A obra contempla a pavimentação do trecho que fica às margens da BR-174, entre a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) até o 5º Distrito Policial, além da construção de calçadas, meio-fio e serviço de drenagem.

Marcos Jorge explicou que, com a liberação da verba, o próximo passo agora é o processo de licitação pela Seinf (Secretaria Estadual de Infraestrutura) para a contratação da empresa que fará a execução das obras da primeira etapa.

LIMPEZA

As ruas do Distrito Industrial, algumas que inclusive estavam tomadas por lixo, entulho, sucata e buraco, já ganharam cara nova. O Governo, por meio da Seinf, realizou uma verdadeira faxina no local, desde limpeza a recuperação de trechos intrafegáveis, proporcionando mais comodidade e bem-estar para as indústrias e trabalhadores.

REVITALIZAÇÃO

Com investimento inicial previsto de R$ 128,8 milhões, a revitalização e  reurbanização do Distrito Industrial beneficiará 30 quilômetros de vias, integrando implantação de rede de água, esgoto e drenagem, bem como serviços de urbanização, pavimentação, construção de meio-fio e de calçadas. A obra também inclui iluminação pública, construção de um pátio de manobras com capacidade para atender até 80 caminhões e a implantação de uma praça às margens da lagoa localizada na região do Distrito, criando um espaço de lazer.

EMENDAS

Um dos projetos de pavimentação, no valor de R$ 10.021.661,70 (provenientes da Sudam, emenda do senador Mecias de Jesus), vai atender seis grandes ruas do polo industrial, totalizando 6,9 quilômetros de asfalto. A assinatura do convênio para a liberação destes recursos está prevista para a próxima semana.