Sábado, 21 Dezembro 2019 10:56

AGROPECUÁRIO DE BV CRESCENDO COM INVESTIMENTOS

Avalie este item
(1 Votar)

Por Fábio Cavalcante

O setor agropecuário de Boa Vista tem agora uma nova conquista através dos investimentos da atual gestão da prefeitura. Isso porque nesta sexta-feira, 20, a prefeita Teresa Surita inaugurou a Central de Abastecimento de Boa Vista (Ceasa) e Central de Abate de Boa Vista, ambos compondo um grande complexo localizado na região do Passarão, no km 2,2 da rodovia RR-319.

Com área total da edificação de cerca de 1.900 m², a Ceasa recebeu recursos oriundos de convênio da prefeitura com o Ministério da Agricultura, com a parceria do ex-senador Romero Jucá. Com foco no setor hortifrutigranjeiro, o objetivo é apoiar os produtores rurais através de fomento ao desenvolvimento do setor da agricultura.

Com isso, o centro vai possibilitar a redução de custos na comercialização, que envolve mão de obra, perdas, embalagens e frete. Além disso, vai contribuir com a redução de custos para o varejo, estimular as vendas nos supermercados e feiras e a perfeiçoar o mecanismo de formação de preços e elevar o nível de renda das empresas agrícolas.

A Ceasa vai contar também com galpão aberto de 1.400 m² para área de comercialização de produtos, praça de alimentação, quatro lanchonetes, depósito de materiais de limpeza, banheiros, sala de espera e recepção, sala de área técnica, secretaria, gerência, sala de reunião, depósito, copa e banheiro.

Já a Central de Abate é uma unidade de processamento de carne de suínos, ovinos e caprinos e tem como objetivo abrir para a população novas possibilidades de desenvolvimento econômico. A previsão é que a capacidade de abate seja de até 100 animais por dia e conta com câmaras de resfriamento e estocagem, sala de desossa, administração geral, área de expedição e evisceração, vestiários banheiros, esterqueira e caldeira.


“Agora nós vamos poder atender uma demanda que, até então, não tinha como se regularizar, principalmente o abatedouro. Este complexo que estamos entregando vai poder atender melhor a sociedade, os mercados, as feiras. Eu tenho certeza de que, com essa inauguração, vamos ter uma outra qualidade desse tipo de atendimento”, explicou a prefeita Teresa Surita.

Gestão da prefeita Teresa Surita retomou e concluiu a obra que estava paralisada


Prefeita Teresa Surita: "Este complexo que estamos entregando vai poder atender melhor a sociedade, os mercados e as feiras"

A construção do complexo no Passarão foi iniciada em 2010. E três anos depois, quando a prefeita Teresa assumiu, a obra já estava paralisada e em situação de Tomada de Contas Especial. Ou seja, a prefeitura deveria devolver todo o valor investido até então.

No entanto, por meio de um grande esforço em Brasília, através da articulação política do então senador Romero Jucá no Ministério da Agricultura, foi possível resolver a tomada de conta e reabrir o convênio. Um novo projeto foi desenvolvido, pois o anterior não estava apto a funcionar.

“Foi uma luta para conseguir o recurso e depois para aprovar e iniciar o projeto. Mas tudo deu certo. E hoje estamos aqui entregando dois centros que são muito importantes para uma cidade como Boa Vista”, afirmou Jucá.

O empresário Flamarion Lopes Dourado, pioneiro em Roraima do ramo de abate de bovinos, principalmente na região do Monte Cristo, será o permissionário da Central de Abate. Segundo ele, o novo complexo vai atender uma grade parcela dos produtores do estado e pode superar a meta estabelecida de abates diários.

“Assumi esse compromisso junto à prefeita, com a experiência que a gente já tem. E a maneira que a gente vai conduzir aqui será a mesma que temos no Monte Cristo. Aos poucos a gente vai conseguindo trazer uma clientela. A capacidade do abatedouro é grande e no futuro poderá abater 200 animais por dia, tranquilo”, disse.