Sexta, 18 Outubro 2019 10:57

COMÉRCIO BINACIONAL - TEXAS DE OLHO EM RR!

Avalie este item
(10 votos)

Presidente da Câmara Texana de Comércio mostra interesse em manter relações comerciais com Roraima...A instituição atua no apoio ao desenvolvimento do comércio internacional, da indústria e da cultura entre os associados

Por WESLEY OLIVEIRA

Com a possibilidade de atrair investimentos para o Estado e estreitar as relações comerciais com o mercado internacional, o governador Antonio Denarium recebeu quinta-feira, 17, no Palácio Senador Hélio Campos os representantes da Câmara Texana de Comércio. 

Durante a reunião Denarium aproveitou a oportunidade para apresentar aos convidados o presidente Max Paul e o diretor Dirceu Paiva, todo potencial econômico do Estado.

Sediada no Estado do Texa, nos Estados Unidos, a Câmara atualmente é um dos maiores parceiros comerciais do Brasil. De acordo com Max Paul, Roraima é o Estado do momento, ele externou que a Câmara tem interesse em manter relações comercias com Roraima e contribuir com o Estado, assim como tem contribuído com o Texas.

“Eu vejo Roraima como o Estado do momento e do investimento, porque tem um potencial enorme que não foi explorado. Se nós que nascemos aqui não conhecemos, porque sou do Rio de Janeiro, fico imaginando os americanos que só têm de informação o que vende mais e normalmente não é uma boa notícia. Então comercialmente falando de negócio, eu não tenho a menor dúvida, o sentimento é extremamente favorável”, afirmou Max.

Ainda em conversa com o secretário de Planejamento e Desenvolvimento de Roraima, Marcos Jorge, Max disse que espera aproveitar o canal comercial que precede para incrementar o novo e o inédito.

“Hoje ¼ do comércio que é realizado com o Brasil é texano. 60% dos contêineres que o Brasil mandar para América são por Houston, no Texa. Então o que agente espera é aproveitar o canal comercial que precede para incrementar aquilo que não é conhecido, mas que tem alto valor agregado e que tem grande potencial. E nós acreditamos realmente que juntando as pontas todos seremos felizes, porque ampliando os negócios, o comércio, nós vamos ampliar a geração de emprego, renda, impostos e consequentemente atender de Norte a Sul todas as demandas da regiões, e Roraima acredito que é a bola da vez”, analisou.

comercio texas e denarium

Ampliar os negócios

O secretário de Planejamento e Desenvolvimento Marcos Jorge, explicou que foi através da iniciativa Governo de Roraima, em atrair novos investimentos que houve aumento das exportações, crescimento do número de emprego, retomada da atividade econômica e crescimento da confiança do consumidor.

“Em 2019 já atingimos a marca de 470% de aumento das nossas exportações, já estamos com o saldo de 1.600 empregos positivos, a atividade econômica sendo retomada com o crescimento da confiança do consumidor, do comerciante, a diminuição do número de inadimplentes, tudo isso na realidade atrai quem quer empreender”, disse Marcos Jorge.

Segundo ele, os Estados Unidos são o segundo maior parceiro comercial do Brasil, e matêm uma relação densa com o Texas, o que engloba 25% de tudo que é comercializado ente os dois países. Roraima é o Estado brasileiro que está mais próximo do EUA.

"Roraima é o estado mais próximo dos Estados Unidos, então não podemos mais ficar de costas para Caribe, para o EUA e ficar focando apenas no mercado interno. Nós temos que promover Roraima e o caminho com certeza é através do comércio, que puxa emprego, que puxa a atividade econômica e que vai chagar lá na ponta, onde fica o pequeno agricultor que terá que integrar toda cadeia, inclusive de setores como o da fruticultura, que são o foco central da atuação do governo”, esclareceu.

Participaram da reunião os presidentes do IACTI, Aluízio Nascimento e do Iteraima (Instituto de Terras e Colonização), Márcio Grangeiro, os secretários de Agricultura, Emerson Baú e de Articulação Municipal, Ilaine Henz.

 ...

Fotos: Ederson Brito