Terça, 23 Julho 2019 09:57

CNMJ SE APROXIMANDO MAIS DAS FEDERAÇÕES

Avalie este item
(0 votos)

O presidente do SFT e CNJ vem realizando visitas institucionais em todos os estados, visando ampliar a integração do judiciário e estabelecer um canal de diálogo com os órgãos do setor...O TJRR foi a segunda instituição do judiciário em Roraima a ser visitada pelo ministro Dias Toffoli, que aproveitou para conceder entrevista coletiva à imprensa 

Com a proposta de conhecer a realidade local, visitando as unidades do poder judiciário no Estado e ouvindo as demandas por parte de servidores e magistrados, buscando identificar o que precisa ser melhorado e aperfeiçoado, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), ministro Dias Toffoli, cumpre esta semana agenda em Roraima.

A ação faz parte de um cronograma de visitas que o ministro vem realizando para abrir diálogo no judiciário e ampliar a integração entre os órgãos do setor. Ele já passou pelos estados de Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Esta é a primeira vez que visita Roraima; e no primeiro dia de agenda já destacou os resultados alcançados pelo TJRR (Tribunal de Justiça de Roraima) nos serviços prestados à sociedade.

“Temos trabalhado o eixo da transparência, eficiência e da responsabilidade na atenção com o cidadão. Atuando em temas da primeira infância, aperfeiçoamento da tecnologia dos sistemas judiciais eletrônicos, na execução penal eletrônica, com 950 mil processos que já estão em um banco nacional de dados. E Roraima é um dos pioneiros na implementação desses sistemas. É importante reconhecer os resultados que o TJRR vem alcançando, e com isso construir apontamentos para avançar cada vez mais”, declarou.

Foto Orib Zoedson 03

Para o presidente do Poder Judiciário Estadual, desembargador Mozarildo Cavalcanti, este é um momento importante em que podem ser apresentados os detalhes que envolvem o trabalho da justiça local, como as questões indígenas, de imigração e também sobre o sistema prisional.

“É uma oportunidade que o poder judiciário de Roraima tem de expor suas peculiaridades, discutir dificuldades e apresentar soluções que estão sendo trabalhadas. Além disso, estreitar o relacionamento institucional entre o TJRR, o STF e o CNJ”, ressaltou.

 

PROJETOS

Ainda no Palácio da Justiça, o ministro Dias Toffoli conversou com servidores a respeito das ações e projetos voltados para sociedade que o CNJ vem desenvolvendo, com melhorias e contribuições em diversos setores. O ministro também se reuniu com juízes e desembargadores para tratar de questões relacionadas à categoria de magistrados.

Ele aproveitou a visita ao TJRR para receber a imprensa, quando informou também sobre a visita que fará ao município de Pacaraima, nesta terça-feira, dia 23, com o objetivo de conhecer a operação Acolhida, voltada para refugiados venezuelanos.

“Queremos conhecer essa atividade, que é importante em todos os sentidos. O judiciário, desde o início da Acolhida, tem dado todo o apoio necessário. E os números mostram que a demanda do judiciário aumentou com a imigração. Para atender, precisamos conhecer, e assim poder dar o suporte necessário”, enfatizou.

Na parte da tarde ainda desta segunda-feira, o ministro tem agendada visita ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) e à Justiça Federal. O próximo estado a ser visitado por Dias Toffoli será o Ceará.

...

Fotos: Orib Ziedson