Sexta, 31 Maio 2019 11:53

REDUÇÃO DE GASTOS COM AMBULÂNCIAS

Avalie este item
(0 votos)

Governo vai economizar R$18 mil por ano com limpeza de ambulâncias...Iniciativa trará para o Estado uma economia de R$1.500 por mês

Por WESLEY OLIVEIRA

A Sesau (Secretaria de Saúde) e a Sejuc (Secretaria de Justiça e Cidadania) deram início nesta quinta feira, 30, a uma parceria para a limpeza das ambulâncias que fazem o atendimento emergencial das unidades hospitalares do Estado de Roraima.

Os trabalhos consistem na soma de esforços entre as secretarias para a higienização das ambulâncias que fazem atendimento à população. A iniciativa entre as Secretarias trará para o Estado uma economia de R$1.500 por mês, totalizando R$ 18 mil por ano.

Segundo a coordenadora do CGA (Coordenadoria Geral de Administração), Mara Ryan Kojima, a intenção é também aumentar a demanda para lavagem dos carros, fazendo com que se economize R$ 3.000 mil por mês e R$ 36 mil por ano.

“Nós iniciamos uma parceria com a Sejuc, primeiramente para a lavagem de ambulâncias. Se conseguirmos expandir para os demais veículos, a Sesau terá uma redução anual de R$ 54 mil por ano”, explicou.

De acordo com o secretário de Justiça e Cidadania André Fernandes, a Sesau gera a demanda e entra com os insumos e produtos de limpeza e a Sejuc com a aplicação da mão de obra dos reeducandos do projeto Roma. Além de trazer benefícios para o Estado, a ação vai beneficiar os reeducandos.

“Existe a necessidade da Sesau na limpeza das ambulâncias e nós temos um lava-jato utilizado para a limpeza das nossas viaturas. A Sesau vai fornecer os produtos de limpeza e nós com a mão de obra dos reeducando que terá remissão de pena, que para três dias trabalhados eles terão um dia a menos de pena para cumprir”, disse.

 

PROJETO ROMA

Desenvolvido pela Sejuc, o projeto Roma realiza o trabalho de limpeza e revitalização de áreas e instalações do Estado que estejam degradas sujas e/ou depredadas. Uma das propostas do projeto é promover melhorias em locais públicos, diminuir o tempo e os custos para o erário.

O projeto visa a ressocialização do preso do regime semiaberto com bom comportamento utilizando a mão de obra na prestação de serviços para o Estado.

A ação faz parte de um acordo de cooperação técnica firmado entre a Sejuc, a Vara de Execuções Penais do TJRR (Tribunal de Justiça e Roraima) e o Ministério Público.