Quarta, 28 Novembro 2018 13:42

JALSER SEGUE FAZENDO O QUE BEM QUER...

Avalie este item
(0 votos)

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

Por Marlen Lima

Olha só.

"Quando você sai de casa, você não quer que tenha festa. Ou seja, se você não se encontra na sua casa nada pode ser feito"...E é assim mais ou menos que acontece na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE/RR) que só tem sessão quando Jalser Renier, presidente da Casa, diz que deve ter. 

Isto parece piada, mas, não é! E se trata de algo muito sério! É um absrudo que há tempos ocorre no parlamento estadual de Roraima quando este deputado acima citado já esteve preso, e da prisão continuou comandando a Presidência da Assembleia Legislativa de Roraima.

Veja você, caro leitor!

Jalser Renier preside a ALE, porém, ao seu modo e querer a Casa do Povo só tem sessão, só tem votação, ou seja, só tem trabalho quando ele diz que deve ter. Nesta semana, tanto terça, 27, quanto quarta, 28, a Assembleia Legislativa não teve sequer quórum, porque os deputados nem vão dar expediente quando o dono da ALE viaja.

Jalser está fora do Estado, está cuidando dos seus processos na esfera federal, onde podem lhe cassar o mandato bem como lhe mandar à prisão, de novo.

Serelepe Jalser segue e apenas preocupado com o seu umbigo, usando do mandato para fazer servir apenas seus desejos. E além dos processos apenas outra coisa preocupa e chama atenção deste Rato da política, sua reeeleição na Presidência da ALE. Onde ele jura que já conta com apoio do governador eleito Antônio Denarium, uma vez que ameaçou o eleito dizendo que quem manda no parlamento é ele e seu grupo de asseclas.

TODOS CALADOS

Agora, pior que diante do quadro apático da política parlamentar, onde muito precisa ser feito, os deputados nada fazem para romper com este tipo de presidência - que tem amordaçado o legislativo.

Veja.

Nesta terça, um grupo de servidores do governo Suely Campos lá estava na galeria da ALE cobrando postura dos parlamentares em defesa do povo, em defesa dos servidores que há meses não recebem seus salários e a Casa do Povo se cala. A Casa do Povo se mantém em silêncio quando deveria estar dando grita para que o Ministério Público tome provisências, por exemplo, contra uma Assembleia que atua em áreas que não são do seu papel oficial como dar bolsa de estudos, levar cursinhos de vestibular para pessoas carentes na Capital e Interior.  

Tudo isto feito ao bel prazer de Jalser, e ninguém tem coragem de enfrentá-lo. E um cara desse naipe diz que vai ser presidente na próxima legislatura mesmo fazendo o que faz, onde em seus constantes rompates de arrogância, soberba, chegando ao ponto de agredir uma mulher na frente de várias pessoas, o caso da Rádio Equatorial FM, quando a prefeita Teresa Surita foi agredida verbalmente e fisicamente por Jalser, onde quase ela foi esmurrada, como se vê em vídeos, que saíram nas redes sociais.

Bom, assim segue Roraima com uma política realmente atípica, às vezes surreal... Mas, para o povo tudo isto é muito vergonhoso e abissal merecendo o devido olhar das autoridades!