Quinta, 22 Novembro 2018 15:10

CASO LUIZ GUILHERME TENDO TODA ATENÇÃO

Avalie este item
(0 votos)

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

Apesar de toda dor sentimental que uma morte causa, existem leis a serem seguidas, uma vez confirmada pelos médicos quando se tem um doente acamado e este ir à óbito. Assim, diante do caso do garoto Luiz Guilherme, recebe da direção do Hospital da Criança todo o devido acompanhamento médico, e segundo a Prefeitura de Boa Vista toda a assistência necessária e as explicações estão sendo dadas à família.

Porém, sobre o pedido da família do menino Luiz Guilherme, que no entendimento deles o garoto já está falecido, por morte cerebral, desejam enterrá-lo, porém, é preciso que se entenda primeiro o quadro em que se constata a morte encefálica, esta precisando passar por alguns protocolos médicos, ações legais, que já estão sendo providenciados pelo Hospital da Criança.

Assim, a Secretaria Municipal de Saúde informa que, não tendo sido declarada a morte cerebral do paciente é preciso seguir o protocolo médico antes de qualquer decisão. 'É o que determina a lei. Nem mesmo a família tem amparo legal ou autonomia para decidir sobre o desligamento de aparelhos'.

O pequeno Luiz Guilherme deu entrada na unidade hospitalar no dia 24 de outubro, deste ano, com um quadro avançado de meningite bacteriana, e o caso só se agravou, tendo que ser internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo). 

O certo para os familiares do garotinho Luiz Guilherme é que neste momento é preciso que se tenha paciência, sabe-se que existe uma ansiedade para que se faça o velório do paciente, mas, não se pode passar por cima do que determina as leis.