Quinta, 09 Junho 2022 08:50

Caixa chegando em Santa Maria do Boiaçu

Avalie este item
(0 votos)

RORAINÓPOLIS...Assembleia Legislativa pede apoio para implantação de banco em Santa Maria do Boiaçu...Primeiro-vice-presidente da Casa, Jânio Xingu, se reuniu com representantes da Caixa Econômica nesta quarta

REUNIÃO DE REPRESENTANRTES DA CAIXA ECONÔMICA ESTIVERAM NA ASSEMBLEIA LEGISALTIVA DE RORAIMA PARA DISCUTIR A POSSIBILIDADE DE O SUL DO ESTADO, LÁ NA Vila Santa Maria do Boiaçu ganhar uma agência bancária, algo que já vem sendo pedido pelos moradores de daquela região.

A pressão tem vindo do parlamento, o que deveria ter sido algo já resolvido pelo Governo Denarium, porém, este tem sido um dos pontos discutido pelos deputados, e o vice presidente da ALERR, deputado Jânio Xingu foi quem tomou à frente deste processo.

Reunido com os técnicos da Caixa, Xingu solicitou apoio da instituição para implantação de alternativa bancária na Vila Santa Maria do Boiaçu, uma região de difícil acesso, que está  localizada a 390 quilômetros de Boa Vista, fazendo parte do município de Rorainópolis.

NECESSIDADE URGENTE

Segundo Xingu, que tem ido naquela região, por mais uma vez os moradores da vila relataram a necessidade de terem uma agência bancária ou caixa eletrônico para transação financeira, pagamentos, entre outros serviços. Hoje, para qualquer movimentação deste tipo de serviço os moradores se deslocam até a sede de Caracaraí (Centro-Sul do Estado), e deixam em outro município pelo menos 50% dos recurso,s que poderiam circular na localidade onde moram.

“Chegamos à conclusão de que eles não têm um caixa na região, ou seja, toda movimentação financeira vai para a cidade de Caracaraí. Uma pessoa que ganha um salário mínimo deixa 50% dos seus vencimentos, só na ida àquele município, com transporte e alimentação”, explicou Xingu.

Os representantes da Caixa Econômica receberam o pedido.

O superintendente executivo de Governo da CEF, André Ferreira, falou sobre alternativas, como a implantação de um correspondente bancário.

“Temos um papel social e a gente entende que é uma oportunidade para aquela população, levar a Caixa até a região. Estamos conversando sobre as possibilidades e entendemos que existem opções para solucionar os problemas da comunidade.”

 

 

...

Texto: Yasmin Guedes

Foto: Jader Souza

SupCom ALERR