Quinta, 07 Abril 2022 10:14

PARLAMENTO AMAZÔNICO

Avalie este item
(0 votos)

Deputados estaduais participam de reunião com governador do Amapá...Pauta incluiu medidas para o desenvolvimento dos nove estados da Amazônia Legal

Os deputados estaduais que fazem parte do Parlamento Amazônico realizaram na tarde desta quarta-feira (6), uma visita ao Palácio do Setentrião, que é a sede do governo do estado do Amapá. Na oportunidade, os parlamentares foram recebidos pelo governador Waldez Góes (PDT), que falou sobre o trabalho que pode ser desenvolvido por meio de parcerias entre os poderes Executivo e Legislativo para o desenvolvimento da Região.

“Estou assumindo a condição de presidente do Consórcio da Amazônia Legal, novamente, e já me coloquei à disposição do Parlamento Amazônico, na liderança da deputada Edna [Auzier], para que a gente faça a conciliação dessa agenda comum, de interesse do desenvolvimento local. Me refiro à agenda do Executivo, que passa muitas vezes pelo Legislativo”, disse Góes.

PRIMEIRA MULHER

A deputada estadual amapaense, Edna Auzier (PSD), foi eleita, recentemente, a primeira mulher a presidir o Parlamento Amazônico. A posse será nesta quinta-feira (7), às 10h (horário de Brasília), na Assembleia Legislativa do Amapá. A eleição para a Mesa Diretora ocorreu em novembro de 2021, na cidade de Campo Grande (MS).

“Os deputados estão construindo esse trabalho em conjunto. Então, realmente, é defender a Amazônia, defender o desenvolvimento econômico. Que a gente possa estar aí, unidos. E a satisfação de agradecer o presidente Kaká [Barbosa (PL)], que nos apoia, e toda a bancada estadual, que vai assumir junto comigo. Então, é um desafio pra gente, mas que, com certeza, nós vamos nos dedicar para que possamos trazer melhorias para o nosso estado e para a nossa Amazônia”, destacou Edna.

 

EXPERIÊNCIAS

Os deputados de Roraima, Eder Lourinho (PSD) e Renan (Solidariedade), que foram ao Amapá para participar da posse da nova diretoria, também estiveram na reunião com o governador Waldez Góes. Eder fez uma avaliação da conversa, que segundo ele, foi de boas-vindas e troca de experiências políticas.

“O governador apresentou algumas demandas para que, futuramente, o Parlamento Amazônico possa sentar-se com o Executivo e, realmente, reunir os nove estados [da Amazônia Legal] e levar essas demandas ao Governo Federal. Por exemplo, na Região Norte, quase todos os estados enfrentam problemas com a energia elétrica, regularização fundiária, questão dos minérios e em que áreas eles podem ser explorados”, destacou Eder, lembrando que muitas vezes são realizados encontros que não produzem ações efetivas. Segundo ele, a ideia agora, é colocar as discussões em prática.

O deputado Renan também avaliou a reunião como muito produtiva. Para ele, ser recebido pelo governador do Amapá e poder compartilhar o que tem dado certo em Roraima com os outros estados é também levar o desenvolvimento para todos. “Nós estamos lutando para que a mineração em áreas não indígenas seja legalizada em Roraima. E isso pode dar certo também em outras localidades, como vem acontecendo no Pará”, ressaltou o deputado.

 

 

...

Texto: Angra Soares

SupCom ALERR