Quinta, 07 Abril 2022 09:00

AEDES AEGYPTI - Equipes nos bairros

Avalie este item
(0 votos)

Equipes de endemias da prefeitura intensificam ações de educação e saúde e nos bairros de Boa Vista...As ações visam orientar a população e eliminar possíveis criadouros que estejam contribuindo para proliferação do mosquito

POR Jamile Carvalho

 

Os agentes de combate a endemias (ACE) atuam diariamente em todos os bairros da cidade, com orientação à população para combater ao Aedes aegypti. As ações são intensificadas tanto em dias de semana como aos sábados.

No último sábado, as equipes estiveram no bairro São Francisco, um dos que apresentou alto índice de infestação do mosquito. Neste dia foram visitados 1.189 imóveis e 580 depósitos foram eliminados.

De janeiro a março deste ano, as equipes visitaram 78.875 imóveis, destes 32.166 foram eliminados. Durante essa semana as equipes estão visitando os bairros Cambará, São Francisco, Jardim Primavera, Raiar do Sol e São Bento.

DE EM CASA E CASA

O trabalho dos agentes consiste nas visitas de casa em casa, buscando qualquer reservatório que pode ser um criadouro do mosquito, explica o coordenador de vigilância e controle de doenças transmitidas por vetores, Washington Alves.

“Esse é um trabalho essencial e necessário à saúde pública. Nas visitas que fazemos sempre encontramos algum depósito que serve de criadouro para o mosquito se proliferar e as pessoas geralmente falam que não sabiam e que a partir da visita vão se atentar mais para a situação”.

Durante as visitas os agentes fazem uma inspeção no quintal da casa para verificar se há algum recipiente que possa acumular água e se tornar um criadouro do mosquito.

ORIENTAÇÃO

Quando são identificados criadouros com larvas, os responsáveis ou proprietários são orientados a elimina-los e somente quando não for possível a eliminação, estes depósitos serão tratados com larvicidas.

Além disso, são repassadas informações sobre os cuidados necessários para evitar os criadouros e consequentemente as doenças, dengue, zika e chikungunya.

O último Levantamento Rápido do índice de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa), apontou alto índice de infestação pelo Aedes aegypti. Dos 412 imóveis positivos para larvas de mosquito, 95% correspondem a casas, comércios e outros. Enquanto os 4,9% restantes correspondem a terrenos baldios.

Criadouros

Os criadores onde mais foram encontradas larvas do mosquito:

  • Lixo (recipientes plásticos, garrafas, latas, sucatas em ferros velhos),
  • Depósitos móveis (vasos/frascos, pratos, pingadeiras, bebedouros, etc.)
  • Pneus.

A Secretaria Municipal de Saúde já está atuando, de acordo com o Plano de Contingencia das Arboviroses contemplando diversas ações para evitar uma possível epidemia de dengue em Boa Vista.

Mais ações

No dia 9, as equipes estarão no bairro Aparecida; dia 15, no bairro dos Estados; 21, no bairro Liberdade e 30, no bairro Mecejana.

A prefeitura reforça que somente as visitas dos agentes e demais ações não é o suficiente, a população precisa contribuir fazendo sua parte com limpeza dos terrenos e evitar água acumulada em bebedouros de animais, plantas, latas e garrafas, manter tampada a caixa d´´agua, entre outros.

 

 

 

_______________________

SEMCOM PMBV

Fotos:

  • Giovani Oliveira