Segunda, 21 Fevereiro 2022 10:46

OITIVAS COM TESTEMUNHAS DE JALSER

Avalie este item
(0 votos)
BEM QUE ELE ANDA SUMIDO, ESCONDIDO EM SUA MANSÃO, JALSER RENIER BEM QUE TENTA PELA JUSTIÇA, LOGO ESTA, REVERTER O SEU QUADRO caótico, de processos de corrupção, e criminal, como este que responde na ALERR, e deste processo pode ser cassado. E neste dia, 21, as tais testemunhas que ele apresentou serão ouvidas.
 
Em Brasília, Jalser tem ido e tentado suspender o processo que já até pediu sua prisão, e preso ficou, e continua com ação judicial, não podendo sair de casa, a não ser para 'trabalhar'. O que ele tem até procurado fazer, indo à Assembleia, porque se não for pode voltar para cadeia. E quando vai na ALERR, no Plenário fica todo 'cordeirinho', como dizem alguns de seus colegas, isto é devido a postura, se passando por humilde. "Quem conhece Jalser sabe que ele não tem nada de humilde", disse um deputado, que pede anonimato.
 
Assim, ficou para esta manhã, a partir das 9h, haverá oitiva das testemunhas de defesa do deputado Jalser Renier (SD) e quatro convocados pelo relator da Subcomissão de Ética, deputado Jorge Everton (sem partido).
 
Renier é suspeito de ser o mandante do sequestro e tortura do jornalista Romano dos Anjos ocorrido em outubro de 2020. 
 
A imprensa terá acesso às galerias do Plenário Deputada Noêmia Bastos Amazonas, mas é necessária a identificação na recepção deste Poder Legislativo, usar máscara de proteção social e respeitar a marcação de lugares previamente distanciados, conforme decretos municipal e estadual de segurança em saúde. 
 
Entre os convocados pelo relator estão o delegado da Polícia Civil Herbert Amorim Cardoso, o secretário de Segurança Pública de Roraima, Edison Prola, a superintendente de Gestão de Pessoas da ALE-RR, Geórgia Amália Freire Briglia, e o jornalista Romano dos Anjos. Pela defesa de Jalser Renier está previsto o testemunho de 31 pessoas. 
 
As oitivas poderão ocorrer ao longo do dia e serão transmitidas ao vivo pela TV Assembleia, canal 57.3, Rádio Assembleia, 98,3, e pelas redes sociais da Assembleia Legislativa (@assembleiarr).
 
 
 
 
...
Ascom ALERR