Sábado, 19 Fevereiro 2022 10:57

TODOS PELA DOCUMENTAÇÃO DE JOVENS

Avalie este item
(0 votos)

Mutirão para emissão de documentos marca 1ª Ação Cidadania 2022 do Projeto Crescer...A ação contemplou os 216 jovens que atualmente integram o projeto social da prefeitura

Por Marcus Miranda

Jovens que integram o Crescer participaram nesta sexta-feira, 18, da 1ª Ação Cidadania 2022, promovida na sede do projeto social, localizada no bairro Dr. Silvio Botelho. A ideia foi orientá-los a emitir documentos básicos necessários para contratações profissionais, participação em concursos públicos, dentre outros processos que permitam o exercício pleno da cidadania.

Tendo em vista que grande parte das solicitações são feitas pela internet, todo ação ocorreu no laboratório de informática da sede, onde lá os mais de 200 jovens atendidos pelo projeto foram divididos em grupos. Com auxílio de monitores foram solicitados documentos como título de eleitor, carteira de trabalho, certificado de reservista (somente para sexo masculino), cartão do SUS, dentre outros.

“Em uma vasta pesquisa que fizemos, constatamos que Boa Vista dispõe de um grande número de jovens que não possuem certas documentações essenciais e essa ação vem para mudar um pouco essa realidade, garantindo que eles possam exercer sua cidadania de forma plena”, disse Douglas Cavalcante, administrador geral do Projeto Crescer.

Josué Azevedo ingressou no projeto, no final do ano passado. Ele aproveitou para colocar a documentação em dia. “Eu achei a iniciativa muito importante. Até então não tinha título de eleitor. É importante estar com os documentos em dia, principalmente para arranjar um emprego”, destacou.

Edvirgen ingressou no projeto aos 15 anos. Ela destacou a importância do ‘Crescer’ em sua trajetória. “As oficinas foram fundamentais para o meu crescimento como pessoa. Com elas aprendi a conviver e me comunicar melhor. Além disso, a Bolsa é essencial para nós, com baixa renda. Sou muito grata”, falou.

 

O CRESCER

No projeto os jovens ocupam o tempo livre em oficinas profissionalizantes e atividades de geração de renda, culturais, esportivas e de lazer. São atendidos, atualmente, 216 adolescentes e jovens com idade entre 15 e 21 anos. Eles recebem bolsa de R$230 mensais.

 

______________________

 

  • fotos - Giovani Oliveira –