Imprimir esta página
Domingo, 13 Fevereiro 2022 11:41

Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos

Avalie este item
(1 Votar)

Prefeitura de Boa Vista orienta grandes empresas sobre o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos

Empresas privadas tem até o dia 19 de novembro para se regularizarem junto ao município

Por Wandilson Prata

Durante todo o mês de fevereiro, a prefeitura vai visitar empresas privadas de grande porte para orientar sobre a elaboração do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS). A ideia é que esses estabelecimentos conheçam todos os processos para organizar a geração, o transporte e a destinação correta dos resíduos gerados dentro de cada seguimento.

Durante a visita das equipes da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente (SPMA), as empresas também recebem a cartilha “Grandes Geradores de Resíduos Domiciliares”, que explica o passo a passo para a regularização. De acordo com a Maria Consolata, nesse primeiro momento, as redes de supermercados e vidraçarias são as primeiras a receber as orientações.

“Dando continuidade nas ações do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, vamos continuar a visitação nos grandes geradores e estamos dando prioridade aos supermercados e as vidraçarias, mas todos os estabelecimentos serão visitados e orientados da necessidade do cumprimento desse plano”, disse a inspetora.

A partir do dia 19 de março, a prefeitura vai exigir o documento das empresas públicas e, a partir de 19 de novembro, das empresas privadas. Ruthe Almeida é gerente de uma rede de supermercados na capital e afirma que a empresa já vem desenvolvendo esse trabalho, dentro das normas estabelecidas.

“É de extrema importância esse trabalho que a prefeitura está desenvolvendo nesse momento. Nós já vínhamos colocando esse trabalho em prática um bom tempo e vamos nos aperfeiçoar cada vez mais, com a separação de cada resíduo. A gente separa o reciclável do orgânico e vemos que é muito importante, porque ajuda a preservar o meio ambiente”, afirmou a gerente.

Segundo a inspetora Karla de Oliveira, após a aprovação do PGRS, as empresas terão o prazo de 60 dias, para colocar em prática. “Trazemos a orientação também, que eles deverão realizar a coleta seletiva, no momento da geração do próprio estabelecimento. E da obrigatoriedade da apresentação anual do relatório de resíduos, que é onde eles vão informar à SPMA a quantidade de resíduos recebidos anualmente e a destinação ambientalmente adequada que eles deram pra cada tipo de resíduos”, destacou a inspetora Karla.

Evânia Weber, professora e consumidora da rede de supermercados, elogiou essa orientação feita pela equipe de inspeção da SPMA. “Eu vejo um trabalho excelente e acho uma iniciativa maravilhosa, porque nós geramos muito lixo e precisamos pensar na maneira de reaproveitá-lo, para ter menos desperdício”, disse.

Outra consumidora e também professora é a Iloneide Pereira, que parabenizou a iniciativa da prefeitura em criar um plano de resíduos sólidos. E acha importante essa conscientização, tanto das empresas, como da sociedade visando o meio ambiente.

“Eu acredito que já passou da hora das empresas se conscientizarem e separar os resíduos, plásticos, papel, vidro. Porque hoje, a questão do meio ambiente é crucial para manter a vida no planeta e para as futuras gerações. E as pessoas precisam compreender isso”, destacou.

Foto: Katarine Almeida

 

 

 

SEMCOM PMBV