Quinta, 13 Janeiro 2022 10:54

Sonso rico, governo rico, mas, o povo…

Avalie este item
(0 votos)

A VERDADE É UMA, EXISTE UMA ENORME DISPARIDADE DE REALIDADE DO QUE VEMOS NAS ACÕES DO GOVERNO DENARIUM, ESPECIALMENTE NA SAÚDE E EDUCAÇÃO, QUANDO hospitais sofrem de péssima estruturação, falta de remédios, e toda desordem qualitativa de uma saúde onde ele, governador, afirma ter bilhões em reais no cofre, porém, são cidadãos que madrugam em filas nas escolas, bem como nos corredores de hospitais e prontos-socorros.

Denarium se concretiza como um cara legal, o tal gente boa, empresário arrojado, saneador de contas, afinal ele veio de banco, mas, se notabiliza mesmo como o maior sonso de Roraima, porque o que ele faz também muito bem é sorrir…Denarium sorri para tudo e para todos, não tem economia…A impressão que se tem é que sempre ele está bem! E, de fato, nem poderia ser diferente já que Denarium hoje é um homem extremamente rico, mais rico do que era.

Como homem empresário, ok!

Mas, como político Denarium entra em seu quarto ano e só sabe sorrir, vive sorrindo, e acha que Facebook é tudo em mídia.Lástima!

Hoje, claro, com pardos profissionais de bom quilate ao seu lado, e ouvindo parcamente estes profissionais, Denarium passou a ter uma marca após mais de três anos de governo.

Agora, o governador tem algum slogan, o que antes atravessou estes anos todos numa maré desastrosa de comunicação, e que ainda não é excelente porque erros, muitos, foram cometidos no passado com gestões sepulcrais no comando de uma pasta que deveria ter um orçamento bem mais robusto, o que não tem, e isto gera, e gerará problemas neste ano eleitoral, onde o atual gestor da pasta, meu amigo Weber Negreiros mostrará, que de fato veio para fazer a diferença no time.

Claro, como poucos dentro da maquina estatal, e ‘senhor’ que bem sabe administrar uma comunicação, Weber tem feito milagres com Denarium, que não ajuda porque este na real não o tem empatia com o povo, tem muita, ainda, é alta rejeição, e insiste em fazer da Saúde e Educação o fiasco que temos vivido.

 NÃO É SÓ NAS RUAS, MAS DENTRO DA MÁQUINA…

Em pesquisas recentes, mas, mesmo as do ano passado, em todas há um sentimento que não muda, o do povo, e especialmente os servidores do Estado, em não confiar em Denarium, e neste grupo político que domina sua administração, sob o comando total do senador Mecias de Jesus, e sua família, o ‘Baixinho guloso’, Denarium come na sua mão…

Mas…São reclames que vem do povo da Capital, bem como do Interior, e isto tudo vem ainda mais embasado porque vem de dentro da máquina - no caso da Saúde, o maior calcanhar de Aquiles, do governador. Por exemplo.

Não é nenhum assombro vermos servidores do Hospital Geral de Roraima (HGR) denunciarem péssimas condições de trabalho, onde até as refeições servidas são de qualidade(??!!) duvidosa.

E os bilhões??!!

Em vídeos, que rodam as redes sociais, acaba que o meu dileto amigo Leocádio Vasconcelos, secretário de Saúde fica sem poder dar uma resposta segura do que é fato ou exagero. Mas, que pesa e muito para quem tem que enfrentar o atendimento da saúde quando recorre ao Estado.

FARINHA

Tudo bem que todo cabôco que se preze gosta de farinha, mas, isto ser o ‘grosso’, como principal fosse da alimentação balanceada nos hospitais, não pode ser normal, não pode ser respeitável??!!

Circulam imagens da refeição dando como sendo do HGR, é possível ver prato servido com grande quantidade de farinha e arroz e feijão. A

Denúncia feita à imprensa, por gente da enfermagem, que vai além dizendo que até comida com mau gosto, mau cheiro, possivelmente estragada tem sido oferecida.

Grana tem…

Ano passado, no portal da governo revela que foram quase 1 bilhão de reais em recursos direto à Sesau. Tendo ainda somado as emendas que partem dos deputados. Ou seja, valor pra lá de expressivo.

Estes números Denarium não explica quando o que, de fato tem sido feito pela saúde e pela educação quando pais têm que sair de casa de madrugada para garantir vaga de seus filhos nas escolas. Pessoas doentes sofrendo mais do que deve nos hospitais, e o aumento de desespero das famílias com seus entes queridos…

Para o povo o sentimento é um, muito sorriso para parda reais ações que possam ir de fato ao encontro da população 

PS

Pior é saber que tal empresa que fornece alimentos ao governo leva mais de 12 milhões, e se come farinhada nas saúde do Estado!