Sábado, 08 Janeiro 2022 06:10

PREFEITO DA RESPOSTA IMEDIATA AO HCSA

Avalie este item
(2 votos)

Prefeitura vai implantar UBS no Hospital da Criança, aumentar valor dos plantões dos médicos e anuncia concurso para a Saúde

O PREFEITO DE BOA VISTA ARTHUR HENRIQUE TRANQUILIZOU A POPULAÇÃO SOBRE OS ATENDIMENTOS FEITOS NO Hospital da Criança Santo Antônio (HCSA), onde nenhum caso deixou de ser atendido, e as novas medidas adotadas de forma célere vão dar ainda maior segurança para quem precisa dos serviços de saúde.

Por Jamile Carvalho

O prefeito Arthur Henrique anunciou durante coletiva na manhã desta sexta-feira, 7, novas medidas que visam otimizar os atendimentos no Hospital da Criança Santo Antônio (HCSA). Além disso, foi apresentado à imprensa um panorama geral da saúde municipal, sobre o funcionamento da atenção básica.

O prefeito destacou que os desafios e dificuldades enfrentados hoje na saúde não são exclusivos da capital, mas uma realidade nacional enfrentada em todo o país. No entanto, a prefeitura não tem medido esforços para solucionar ao máximo as demandas e garantir à população um atendimento de qualidade.

“O Hospital Santo Antônio é o único de referência infantil, atendendo todo o Estado e também pessoas dos países vizinhos, o que influencia no tempo de espera no Pronto Atendimento. E essa é somente uma parte de toda uma estrutura da rede de saúde dentro do nosso município”, disse Arthur.

Além disso, o prefeito falou sobre os investimentos do município na unidade de saúde. O Hospital da Criança conta hoje com três salas de centro cirúrgico, alas de internação e laboratório.

“Toda essa área do hospital que ocupa praticamente 95% está totalmente estruturada, com farmácia abastecida e demais serviços funcionando normalmente. A cada mudança temos a expectativa de melhorias e a soma dessas medidas vai contribuir para a otimização dos atendimentos”.

 

Confira as medidas que serão empregadas no HCSA:

 

Projeto “Azul e verde”

Já implantado desde setembro, consiste na priorização de atendimentos, conforme classificação nacional de cores (“urgentes” e “não urgentes”). As cores menos urgentes correspondem hoje a 50% dos atendimentos que podem ser resolvidas em uma unidade básica de saúde. De setembro a dezembro 2021, foram disponibilizadas 5.696 vagas nas UBS, através do projeto, sendo que destas, somente 316 aceitaram ser atendidos nas UBS.

Contratação de empresa para disponibilizar médicos para o PA – O processo encontra-se em fase de habilitação das empresas, a medida visa garantir o profissional médico no Pronto Atendimento a fim de otimizar o tempo de espera no atendimento.

Nova regulamentação da Produtividade de Serviços de Saúde (PSS) – Com gratificação fixa para plantonistas extras cargas horaria contratada com o município, será efetivado o pagamento de R$ 1.800, em um plantão de 12h para cumprimento de até 27 atendimentos e R$ 900, por um período de 6h (até 18 atendimentos). Além do valor fixo, haverá a gratificação extra de R$ 50 a cada dois atendimentos acima da produção mínima. A regulamentação valerá a partir desta sexta-feira, 7, conforme publicação de Portaria no DOM. A gratificação extra também poderá ser paga ao médico que estiver cumprindo a carga horaria semanal/mensal contratada pelo município.

 

Implantação de uma UBS

A nova unidade básica de saúde funcionará ao lado do hospital, no prédio anexo, onde funcionava antes a emergência enquanto o hospital estava em reforma. No local serão atendidas também as crianças encaminhadas pelo Pronto Atendimento.

 

Reestruturação organizacional da Saúde

O Pronto Atendimento funcionará de forma independente das demais estruturas do hospital, exceto pelos serviços comuns como: radiologia, laboratório, área administrativa, farmácia e outras. Para isso, será necessária a contratação de novos médicos e novos profissionais. De acordo com o prefeito, será por meio de convocação do último concurso e do seletivo que será lançado nos próximos dias, fortalecendo a força de trabalho do Pronto Atendimento.

 

Concursos e seletivos

A gestão municipal fez três seletivos de forma emergencial, para contratação de médicos em 2021 e convocou mais de 140 médicos, entre clínicos geral e especialistas do último Concurso Público de 2019. 

Na coletiva, o prefeito anunciou que para as melhorias ocorrerem será necessário a contratação de novos profissionais, que será feita por meio de seletivo e novos concursos para 2022, com vigência até 2023.

“Não temos mais disponibilidade de médicos do último concurso, somente de outros profissionais que serão convocados de acordo com a necessidade. Mas com essa reestruturação do pronto atendimento do hospital, vamos convocar mais profissionais do ultimo concurso vigente. Em breve lançaremos um processo seletivo, pois é mais rápido e, em seguida, o concurso”, finalizou Arthur.

 

 

com Semcom PMBV