Quinta, 06 Janeiro 2022 09:43

RESÍDUOS SÓLIDOS MUNICIPAL

Avalie este item
(0 votos)
 

Ação educativa leva orientações a empresas de reciclagem em Boa Vista

Por Wandilson Prata

há 22 horas

Equipes da Secretaria Municipal de Serviços Públicos do Meio Ambiente promovem nesta semana uma ação de fiscalização preventiva e educativa com empresas que trabalham com reciclagem em Boa Vista. A medida faz parte do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da prefeitura.

Segundo o secretário adjunto da SPMA, Alexandre Santos, a política pública tem a finalidade de organizar todos os tipos de resíduos gerados no município e consequentemente fomentar o setor econômico e reduzir os impactos ambientais gerados por esses materiais.

“A proposta é que esses pequenos comerciantes que trabalham nesse ramo entendam a necessidade de se regulamentar e se licenciar perante a Secretaria de Serviços Públicos do Meio Ambiente e também formalizar as suas documentações, relativas aos seus estabelecimentos”, disse o secretário.

A medida tem a finalidade de organizar todos os tipos de resíduos gerados e fomentar o setor econômico, além de reduzir os impactos ambientais gerados por esses materiais

De acordo com a inspetora Karla de Oliveira, é importante que esses comerciantes se tornem de fato pequenos empresários, criando sua rede de colaboradores junto aos catadores. “A ideia é mensurar a quantidade de resíduos que esses comércios recebem hoje em dia, para que possamos ter dados para alimentar o nosso sistema de controle de resíduos do município e nacional também”.

Nesse primeiro momento da ação orientativa, os empresários terão um prazo de 120 dias para se regularizarem. E em seguida, a equipe de fiscalização da SPMA irá retornar a esses estabelecimentos para conferir se esses catadores já estão licenciados e formalizados junto ao município.

De acordo com a inspetora Karla de Oliveira, é importante que esses comerciantes se tornem de fato pequenos empresários, criando sua rede de colaboradores junto aos catadores. “A ideia é mensurar a quantidade de resíduos que esses comércios recebem hoje em dia, para que possamos ter dados para alimentar o nosso sistema de controle de resíduos do município e nacional também”.

Nesse primeiro momento da ação orientativa, os empresários terão um prazo de 120 dias para se regularizarem. E em seguida, a equipe de fiscalização da SPMA irá retornar a esses estabelecimentos para conferir se esses catadores já estão licenciados e formalizados junto ao município.

Casal de empreendedores – Mônica e Francisco vieram em outubro do ano passado de Manaus, passar as férias em Boa Vista e, como já trabalhavam no ramo, decidiram morar na capital e empreender com uma empresa de reciclagem de materiais.

“Nós viemos da rua, catando material. E aqui em Boa Vista vimos a oportunidade de crescer e ajudar outras pessoas com reciclagem de papelão, plásticos e alumínio. E é desse trabalho que vivemos hoje”, disse Mônica.

Em apenas dois meses, a empresa está com 18 trabalhadores, contando com cerca de 50 catadores e já chegou a recolher cerca de 200 toneladas de papelão e 60 de plásticos. A ideia agora é criar uma associação. “Estamos seguindo as orientações da prefeitura e nosso projeto é criar uma associação de catadores aqui em Boa Vista”, ressaltou Mônica.