Segunda, 29 Novembro 2021 09:29

CAER tão ética, mas, poluiu Rio Branco

Avalie este item
(0 votos)
James Serrador, o presidente operador que é um dos braços direito de Mecias James Serrador, o presidente operador que é um dos braços direito de Mecias

…NUMA AMIZADE QUE ENVOLVE OS MAIS ARREPIOS DA POLITICAGEM, CAER SERVE A MECIAS, NÃO AO GOVERNO, MUITO MENOS À POPULAÇÃO…

POR MARLEN LIMA

VAMOS TENTAR ENTENDER O QUE UMA EMPRESA RICA, COM RECURSOS PARA TODO ESTADO, E UM QUADRO EFECIENTE DE PROFISSIONAIS, porém, é administrada meramente para servir de cabides de empregos politiqueiros, e a um só político.

Não, não é para servir ao governador Denarium, como deveria se esperar. Nada disto!

A CAER desde que Denarium assumiu serve a Mecias de Jesus, o homem mais forte do Governo.

Mas, vejamos que após dois anos sem realizar a campanha devido à pandemia, a Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) vem com a sua 24ª edição da campanha educativa e ambiental “Caer nos Rios”, a partir das 8h, no balneário Cauamé.

A ação é um chamado para a população e busca desenvolver a prática de conservação dos rios e igarapés, com o uso da conscientização ambiental acerca da preservação dos mananciais, para garantir a qualidade da água para consumo humano, por meio de um processo de tratamento sustentável.

Porém, como entender seriamente uma empresa que se diz defender a agir em respeito pelo meio ambiente, pela população, quando na Capital foi flagrada em uma de suas unidades despejando esgoto no Rio Branco, ao lado de um dos pontos turísticos da cidade, o Parque Rio Branco.

SUJAR A PREFEITURA?

Tal ato da CAER já denunciado ao Ministério Público, entre outros entes públicos, com imagens do despejo das sujeiras no rio, e o que se exige são providencias tomadas contra mais este abuso, este ato que pode ser um grave crime ambiental. 

Este despejo no rio tem um mau cheiro forte para quem visita o Parque Rio Branco, um dos mais lindos cartóes postais de Boa Vista, e do Norte.

Para quem visita o Parque Rio Branco fica claro que isto demonstra um desrespeito à população, e uma afronta que mais parece uma questão política, com interesses já em 2022, quando eleições acontecerão, e um grupeto governista tenta macular o trabalho feito pela Prefeitura de Boa Vista, seja na gestão atual do prefeito Arthur Henrique, seja na da ex prefeita Teresa Surita, que em pesquisas surge com mais de 80% de intenção de votos para Governar Roraima.

Como a CAER é comandada por um agente subordinado ao senador Mecias de Jesus, maior apoiador e beneficiário, do Governo Denarium, o que se pretende é tentar  confundir a população, porém, tais métodos não é nenhuma novidade ao povo, que se mostra enojado com este tipo de joguetes. ATOS INTERNOS

ATOS INTERNOS OBSCUROS

As jogadas governistas têm sido todas em desespero porque Denarium não muda o seu quadro apático junto ao eleitor, desde que assumiu. Renegado pela população, que nas pesquisas reprovam o seu governo em mais de 70%, o governador sofre justamente pelas tais alianças políticas que faz, onde de forma obscura surge negociatas, e sempre tendo um nome por trás - Mecias e sua família, seus asseclas. 

Asseclas que também mandam no governo, caso da CAER que tendo James Serrador à frente, só faz o que vem determinado do Senado. Mas, o ‘filho dedicado’ quer também poder presidir a empresa tendo o seu ‘diferencial’ respeitado, separado.

Agora, em um processo licitatório em que contrata veículos num aluguel em que beira meio milhão de reais, algo feito nas 'coxas’, faltando a devida transparência disto, até o momento James não conseguiu explicar que contratação é esta, por este valor, e itens legais que estão sendo expurgados.

Do Palácio do Governo, Denarium também nada fala, se cala, e o ditado diz - quem cala consente!

Porém, o povo não!