Domingo, 14 Novembro 2021 10:28

FUTEBOL AMADOR DE VOLTA

Avalie este item
(1 Votar)

PELADÃO 2021 | Apoio garante a retomada do campeonato de futebol amador

Por Vânia Coelho
 

Depois de um longo período fora dos campos de futebol por conta da pandemia de covid 19, os clubes voltam às suas atividades com o apoio do Governo. A abertura do Peladão 2021, Campeonato Amador para Adultos, Sub-17, Master e Feminino, ocorreu neste sábado, 13, e reuniu cerca cinco mil pessoas no Estádio Flamarion Vasconcelos, o Canarinho.

Um jogo amistoso e a apresentação das 64 candidatas que vão concorrer, ao longo das competições, ao título de musa do Campeonato marcaram a abertura do Peladão 2021.

O torneio reunirá aproximadamente 3.840 atletas de 128 clubes, da capital e do interior, e será realizado por meio de um convênio assinado no dia 21 de outubro entre o Governo do Estado e a Lifajac (Liga de Futebol Amador do Jardim Caranã), organizadora e coordenadora do campeonato.

Realizadores e atletas destacam a importância do torneio

O coordenador do Campeonato e vice-presidente da Lifajac, Bira Magalhães, falou da importância do convênio firmado com o Governo do Estado e do esporte como ferramenta de inclusão social.

O diretor do Instituto de Desporto de Roraima, Dinaildo Barreto, destacou a grandiosidade do torneio. “O esporte transforma vidas. Então o Governo do Estado, por meio desse convênio da Seed [Secretaria de Educação] com a Lifajac, está realizando esse evento maravilhoso. Podemos dizer que é o maior campeonato amador da região Norte. Com premiação de R$70 mil para o primeiro colocado, trabalhando com quatro modalidades, fazendo a inclusão de jovens, de mulheres e de veteranos. Tudo isso é muito importante”, afirmou Barreto. 

O presidente da Lifajac, Valdeci Sousa Rocha, falou de expectativa e de motivação. “Estávamos aguardando e sonhando com este momento para fazer a abertura do maior evento esportivo de Roraima e estamos bastante motivados. Será um sucesso”, frisou.

Retorno

Jogador do Chapecoense do bairro Senador Hélio Campos, Denison Lopes, de 35 anos, enfatizou o retorno aos gramados. “É uma honra participar desse campeonato, o melhor e mais amplo, com muitas equipes jogando. Sempre competi nos campeonatos de várzea e agora vou participar de um torneio com essa importância. A gente dá muito mais valor principalmente agora, depois dessa pandemia, que os campeonatos pararam e tivemos que manter a forma em casa”, disse.

As competições devem ter duração de até seis meses.

Os jogos serão realizados no Campo do Careca, no Caranã, no Campo do Rei Pelé, no Pintolândia, e no Estádio Ribeirão, no Caimbé. Para realização dos jogos, o Governo investiu na revitalização destes três campos.

O encerramento e a grande final serão no Estádio Canarinho. Serão distribuídos R$ 260 mil em premiação para os vencedores em todas as categorias.

Incentivo ao esporte

Além do convênio assinado com a Lifajac, o Governo de Roraima vem investindo em outras modalidades esportivas com entrega de passagens terrestres e aéreas para atletas e alunos atletas participarem de competições nacionais, entre outras atividades.

As ações são desenvolvidas por intermédio do Instituto de Desporto de Roraima da Secretaria de Educação e Desporto e do Programa Mais Esporte Mais Cidadania, sob a coordenação do Projeto Compete Roraima, da Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social.

 

 

secom gov de rr