Terça, 14 Setembro 2021 09:20

FRUTUOSO X DENARIUM, vice de novo em guerra...

Avalie este item
(1 Votar)

POR MARLEN LIMA

UMA DECISÃO QUE VEM PARA SALVA GUARDAR QUEM MENOS TEM CULPA NA GUERRA POLÍTICA, O SERVIDOR...A justiça deu por hora ganho de decisão para que os servidores do vice governador Dr. Frutuoso possa manter em seus cargos. A exoneração foi feita pela Casa Civil, do Governo do Estado.

A princípio, Flamarion Portela, chefe da Casa Civil determinou a exoneração dos servidores, e a transferência de tais cargos para sua pasta, deixando assim a Vice Governadoria em uma situação, que já viveu lá atrás, de ter sua pasta com cargos cortados, impedindo assim um trabalho a contento, quando Frutuoso tem direitos a manter sua estrutura de gabinete.

Isto ocorre, em mais um embate silencioso entre o governador Antonio Denarium e o seu vice, Dr. Frutuoso.

PEDRA...

Desde que assumiu, Frutoso tem sido uma leve pedra no sapato do governador, quando difere das ações governamentais, mostrando inaptidão em manter sua fidelidade ao lado de Denarium, a quem jurou em campanha eleitoral estar alinhado.

Frutoso tem sido muito usado, não como talvez desejasse pelo o grupo que o elegeu vice, e não govenador, daí, se sentindo o 'patinho' feio dentro do Governo, exigiu talvez mais do que deveria, e sem a devida habilidade política preferiu 'bater de frente'...Resultado disto é que a corda sempre quebra do lado mais fraco, a Vice Governadoria.

DE PARTIDO EM PARTIDO...

Vamos lembra que lá atrás, o vice governador mais uma vez já deixou um partido, e foi parar no Solidariedade, do nefasto deputado Jalser Renier. Ali, o deputado ratuno prometeu 'mundos e fundos', o vice acreditou, mas, deu no que deu.

Jalser vive o ostracismo, sua queda da Presidência da Assembleia Legislativa levou a uma derrocada, e Frutuoso se viu novamente desamparado. Até tentou se alinhar com Denarium, mas, segundo fontes, uma vez 'traíra', sempre será, e sem saber conquistar a confiança do governador, o vice voltou ao isolamento.

Daí, hoje, Frutuoso tenta um passo mais ousado, e partiu para o MDB, onde tem posição clara de 'oposição' ao Governo. Deve sair candidato a deputado federal, e estando em um grupo mais estrututado, respeitado pelo o que é, e pelo o que defende, o vice governador pode receber, de fato, o afago que tanto procura.

 

ASSESSORIA COM FERRO QUENTE...

A quem diga dentro do Governo que Denarium nem tem mágoas de Frutuoso, tamanha é sua preocupação com coisas mais sérias e maiores em seu governo, que precisa acertar mais e mais.

Fontes revelam que, talvez seguindo uma assessoria equivocada em 'apertar' seus ex aliados, o governador pode ter assumido erroneamente tal decisão de esvaziar a Vice Governadoria. Porém, nisto quem é atingindo são os servidores, que na guerra política não podem pagar pelo preço de ficar desempregados.

DA JUSTIÇA...

Os cargos comissionados da Vice Governadoria, segundo o desembargador Mozaildo Cavalcante, não podem ser nem exonerados e nem remanejados como quis a CAsa Cuivil.

Daí, a decisão apenas manter o que se diz na lei, "leis criaram estes cargos e eles só podem ser modificados por outra lei", salienta o magistrado.

O Governo do Estado não deu declaração nenhuma do governador Denarium, explicitamente deste caso. Prefere que tudo seja resolvido na esfera judicial, e na parte política o Governo continua o seu trabalho com ou sem vice.