Imprimir esta página
Quarta, 08 Setembro 2021 09:45

PESCA OFICIAL GERANDO RENDA

Avalie este item
(1 Votar)

BAIXO RIO BRANCO | Governo libera licença para empreendimento de pesca esportiva

 
 

O Governo de Roraima entregou nesta segunda-feira, 6, uma licença de operação para o desenvolvimento de atividade de ecoturismo – pesca esportiva - no Baixo Rio Branco, no município de Caracaraí.

As atividades do novo empreendimento começam a ser desenvolvidas no próximo mês de outubro, com oferecimento de área de acampamento e barco-hotel para os praticantes da pesca esportiva.

A concessão da licença ocorreu depois de mais de um ano de tratativas. “Entregamos hoje essa licença ambiental para essa empresa que trabalha com pesca esportiva no Baixo Rio Branco. Roraima tem a melhor pesca esportiva do mundo e é um setor que emprega muitas pessoas. Trabalhando nesse segmento, elas estão ajudando na preservação do meio ambiente e na manutenção de peixes nos nossos rios, para atrair turistas para o nosso Estado”, frisou o governador Antonio Denarium.

O empresário Victor Vilanova, ao receber o documento, ressaltou o convite feito pelo governador para investir em Roraima; as negociações; a importância de cumprir as leis; a preservação do meio ambiente e o benefício econômico também para os ribeirinhos.

“Trabalho há mais de dez anos com pesca esportiva no Amazonas. Recebi o convite do governador Antonio Denarium para investir aqui e, depois de muito tempo fazendo as adequações solicitadas pela Femarh, estamos recebendo a licença. Precisamos cumprir todas as normas e operar de maneira correta, como a lei determina. A região do Baixo Rio Branco tem um potencial grande para desenvolver operações de pesca esportiva. É um cenário maravilhoso, área muito preservada, muito cuidada. Vamos desenvolver esse projeto, alavancar muitos empregos e gerar renda para Roraima”, afirmou.

PROMOVENDO ECONOMIA 

Nessa mesma linha, o diretor de Licenciamento e Gestão Ambiental da Femarh, Rogério Martins, enfatizou a necessidade de promover o desenvolvimento socioeconômico associado à preservação ambiental, com suporte de políticas públicas centradas na sustentabilidade.

“A região do Baixo Rio Branco é rica para o ecoturismo, tem uma biodiversidade incrível e é necessário o apoio do Estado para proporcionar uma economia viável e forte para os ribeirinhos. Inclusive, o processo de licenciamento também envolve a participação das comunidades. O turismo precisa ser voltado para a geração de empregos. Há uma grande expectativa. Empreender com responsabilidade ambiental e social é importante”, ressaltou.

O diretor de Turismo, Bruno Muniz de Brito, deu ênfase ao trabalho desenvolvido pela atual gestão para o crescimento da atividade turística de Roraima e ao potencial turístico do Baixo Rio Branco.

“Desde o início da gestão do governador Antonio Denarium, a preocupação é frequente com a organização do turismo. No Baixo Rio Branco, temos um grande produto turístico que é a pesca esportiva. O ordenamento do setor, a organização das empresas e a geração de renda que vai ser criada para a região são muito importantes. Teremos um aproveitamento espetacular do nosso potencial turístico com os recursos naturais que temos. Roraima se tornará uma referência na pesca esportiva brasileira e internacional”, disse. 

Pesca esportiva na região do Baixo Rio Branco

A temporada de pesca na região começa em meados de outubro e vai até fevereiro, quando os rios estão baixos.

As empresas, hotéis e pousadas que operam na região oferecem pacotes para este período, e uma das melhores surpresas é que a temporada pode se prolongar pelos meses de setembro a março do ano seguinte.

 Além do tucunaré, na região do Baixo Rio Branco, é possível vivenciar a emoção da pesca de pirarara ou pirarucu, famosos tambaqui e piranha, barbudo e surubim.

 

 

...

SECOM GOV DE RR