Domingo, 05 Setembro 2021 11:44

TROCA DE EXPERIÊNCIAS ENTRE ALE´S

Avalie este item
(1 Votar)

Assembleias de Roraima e do Amazonas discutem Parlamento Jovem em tempos de pandemia...Programa é voltado para estudantes do ensino médio para que tenham contato com processo legislativo

Servidores da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) participaram esta semana de um intercâmbio com colegas do Amazonas, numa cooperação técnica entre as Casas Legislativas dos dois estados. A troca de conhecimentos teve como foco o Parlamento Jovem, programa voltado aos estudantes do ensino médio de todo o país. O evento, iniciado na terça-feira (31), foi encerrado nesta quinta-feira (2).

As palestras, todas ministradas por servidores da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), ocorreram na Escola do Legislativo Senador José Lindoso. Cassandra Serejo, coordenadora do programa de Educação Cidadã da Assembleia do Amazonas, explicou como a política faz parte da realidade de todos e como seus efeitos são sentidos no dia a dia. Para ela, mesmo em meio a uma pandemia, ações como esta são importantes e os conhecimentos devem ser compartilhados.

“Nossa juventude tem que perceber a importância que tem. Essa é uma das formas de mudar uma realidade complicada e fazer uma sociedade mais justa, para que os jovens se sintam sujeitos da própria história e façam escolhas com responsabilidade”, afirmou.

JOVENS NA POLÍTICA

Dez servidoras da Assembleia Legislativa de Roraima participaram do encontro. Para a pedagoga Ingrid Pinheiro, os eixos abordados foram relevantes, pois mostram a importância do envolvimento dos jovens na política. O próximo passo é desenvolver as temáticas com os estudantes.

“Instruir os jovens sobre a importância que eles têm agora e futuramente mais ainda com seu voto. Que eles percebam que dar poder a uma pessoa é muito importante para nosso estado, nosso país. Então, levar esse conhecimento para Roraima é de grande importância”, destacou.

A servidora Lindacy Oliveira acompanhou a criação do programa em Roraima. É a segunda vez que ela foi a Manaus para participar desse tipo de debate. “Tratamos de vários eixos temáticos com a coordenadora do Amazonas, e acreditamos que se abriu mais um leque de aprendizagem para que possamos aplicar no nosso Parlamento Jovem”, avaliou.

A cooperação técnica entre as duas Casas Legislativas existe há pelo menos oito anos. Sempre que é preciso, os servidores da Assembleia do Amazonas contribuem com projetos desenvolvidos pelo Poder Legislativo de Roraima. O Parlamento Jovem é um deles, tendo sido implantado pela deputada estadual Angela Águida Portella (PP), coordenadora do programa em Roraima.

“Os profissionais daqui [do Amazonas] contribuem com o nosso trabalho em Roraima, e hoje nós estamos com uma equipe de servidoras para trocar ideias e saber como lidar com essa situação do Parlamento Jovem quando não se tem aula presencial. A gente tem que estimular os jovens a exercitarem a sua cidadania. Existem temáticas que devem ser trazidas à tona, pois há todo um caminhar, uma responsabilidade, independentemente do momento que o Brasil vive”, destacou.

 

Parlamento Jovem

Em Roraima, a primeira edição do Parlamento Jovem ocorreu em 2013. Por meio do programa voltado aos estudantes do ensino médio das redes pública e particular, é possível adquirir experiências nas principais etapas do processo legislativo.

A seleção dos 24 jovens parlamentares ocorre meses antes de iniciar a etapa nacional. Os escolhidos passam por capacitação na Assembleia Legislativa de Roraima. No momento, devido à pandemia de covid-19, as atividades do programa estão suspensas.

 

 

...

Fotos: Eduardo Andrade

SupCom ALE-RR

 

...