Quarta, 05 Maio 2021 16:03

INDÍGENAS ATENDIDOS COM MAIS PONTES

Avalie este item
(0 votos)

Prefeitura beneficia 50 famílias com a construção de pontes em comunidade indígena...Duas pontes de madeira foram construídas no trecho que interliga as comunidades Mauixi e Três Irmãos

 

POR Naira Sousa

Dando continuidade aos investimentos em infraestrutura nas áreas indígenas de Boa Vista, a prefeitura investiu na construção de duas pontes de madeira no trecho que interliga as comunidades Mauixi e Três irmãos. A realidade agora é outra para mais de 50 famílias da região.

O primeiro tuxaua da comunidade Mauixi, Abel dos Santos, relatou que a principal preocupação era a chegada do período chuvoso. “Antes as pessoas que moram na comunidade Três Irmãos ficavam isolados no inverno. Os estudantes faziam a travessia dos igarapés em canoas. Sem dúvida a construção das pontes é um marco para todos nós, uma realidade que sonhávamos há muito tempo”, destacou.

 

O vice-prefeito Cassio Gomes acompanhou a entrega das pontes e ressaltou sobre o comprometimento da prefeitura com as áreas indígenas. “Estamos dando continuidade ao trabalho que iniciou na gestão da ex-prefeita Teresa Surita. Sabemos da importância das pontes para essas pessoas, por isso investimos e o resultado não poderia ser outro. Facilitando a trafegabilidade, com certeza facilitará também a produção agrícola nesses locais”, frisou Gomes.

Além da construção das pontes, a prefeitura executou aproximadamente 20 km de raspagem nas estradas que dão acesso as duas comunidades. Outras duas pontes também foram entregues no início do ano na comunidade indígena do Milho, também na área rural. A construção das pontes garante o deslocamento dos moradores, além do escoamento da produção.

 

Projetos

A prefeitura através da Secretaria Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas (Smaai) desenvolve diversos projetos que fortalecem a agricultura familiar nas comunidades indígenas de Boa Vista. 

Um deles é o Projeto Hortifruti (HF) que atende 17 comunidades indígenas com várias culturas, dentre elas a da batata doce, sendo o primeiro no estado de Roraima a ofertar a tecnologia da fertirrigação para lavouras em comunidades indígenas.

E através dos insumos fornecidos para a produção, os agricultores da Comunidade Indígena do Darôra colheram no mês de março mais de quinze toneladas de melancia. O município forneceu aos agricultores, assistência técnica, adubos, sementes e o transporte para escoar o produto para a mesa dos boa-vistenses.

Outro projeto destaque nas comunidades é o Plano Municipal de Desenvolvimento do Agronegócio (PMDA) que garante o plantio do milho no período do inverno e tem como objetivo promover aos agricultores acesso a uma tecnologia moderna, ofertada pela prefeitura, para garantir o melhor desempenho produtivo nas lavouras.

Os beneficiados recebem insumos como calcário, adubos, sementes e insumos biológicos, além de toda a assistência necessária da equipe técnica da SMAAI, para a correção do solo, entre outros benefícios que contribuem para o crescimento da produção no campo.

 

 

...COM SEMCOM PMBV