Sábado, 01 Maio 2021 08:44

Primeira Infância em ação descentralizada

Avalie este item
(1 Votar)

Atendimentos no Programa Família que Acolhe serão descentralizados a partir da próxima segunda-feira, 3 ... Os Cras dos bairros Cauamé e São Francisco passarão a atender as beneficiárias, com a mesma qualidade ofertada desde a criação do programa.

 Por  Naira Sousa

Para aproximar ainda mais as beneficiárias dos serviços ofertados pelo Programa Família que Acolhe, a Prefeitura de Boa Vista, a partir desta segunda-feira, 3, vai descentralizar os atendimentos para os Centros de Referência da Assistência Social (Cras).  Para isso, atendentes e visitadoras participaram de uma capacitação nesta sexta-feira, 30, no Centro de Ciência, Tecnologia e Inovação (CCTI).

O projeto piloto vai iniciar pelas unidades dos bairros Cauamé (Rua Paraguai, nº 250) e São Francisco (Rua Floriano Peixoto). A qualidade nos atendimentos vai seguir o padrão da sede do FQA, do bairro Pintolândia, sendo necessária a capacitação das visitadoras e atendentes dos Cras.

“Estamos deixando a equipe preparada para o atendimento que se inicia já na próxima semana, pois agora teremos a rede FQA em expansão. Assim, as pessoas terão os atendimentos mais perto de suas residências. Isso é parte do compromisso do prefeito Arthur”, disse a secretaria de gestão social, Alessandra Cortela.

Desde sua criação, o FQA já atendeu mais de 18 mil famílias em Boa Vista com mamães grávidas ou já com os bebês. Através do programa as mães participam de palestras, cursos e orientações. São feitas também visitas domiciliares e as crianças têm vaga garantida em creches da capital. Na saúde, as beneficiárias recebem atendimento médico, farmácia, sala de vacina, enfermagem e assistência social.

São desenvolvidas ainda atividades por meio dos projetos Universidade do Bebê, Leitura desde o Berço e Click “mamãe sou eu”. As famílias são beneficiadas com o leite, enxovais, e alimentos através do Programa de Aquisição de Alimentos.  “Tudo com o foco no fortalecimento de vínculos e olhares diferenciados para essa faixa etária, considerada a mais importante para o desenvolvimento saudável em toda a vida”, disse Alessandra.

 

 

...

semcom pmbv