Sexta, 23 Abril 2021 10:05

Pagando dívidas de governo passados

Avalie este item
(1 Votar)

O total de débitos do Governo de Roraima junto aos bancos, referentes a empréstimos consignados, era de R$ 44 milhões quando o governador Antonio Denarium assumiu o Estado, herança de gestões anteriores que descontavam os valores da folha de pagamento dos servidores e não repassavam para as instituições financeiras. Até agora, o Governo do Estado já regularizou R$ 15,2 milhões dessas dívidas.

Na manhã desta quinta-feira, dia 22, o governador Antonio Denarium assinou mais uma ordem de pagamento, desta vez no valor de R$ 91,5 mil, quitando os débitos dessa natureza junto ao Banco Santander. “Quando assumi o Estado, os servidores estavam sem receber, não eram feitos os repasses dos poderes, do Imposto de Renda, da Previdência e nem dos consignados. Com responsabilidade e zelo pelo dinheiro público, trabalhei para reduzir os custos, gerar receita e sair dessas dúvidas”, declarou o governador.

A dívida junto ao Banco Santander era superior a R$ 300 mil. O secretário da Fazenda, Marcos Jorge, explicou que o Governo fez uma auditoria, verificou o que já havia sido recolhido e chegou ao montante de R$ 91.557,00.

“O governador acabou de autorizar o pagamento, resolvendo mais uma pendência de gestões anteriores. Já quitamos R$ 5.346.672,09 junto ao BMG e negociamos outros R$ 9,8 milhões com o Panamericano, onde pagamos uma entrada e parcelamos o restante em 36 vezes. Somando esses valores, já regularizamos R$ 15,2 milhões somente em dívida de consignados”, explicou o secretário.

O superintende regional do Banco Santander no Amazonas e Roraima, Eronilton Pena, afirmou que sente a seriedade e o comprometimento do Governo para com o desenvolvimento do Estado. Ele frisou que a atual gestão está comprometida em regularizar os débitos do Estado e que isso reflete em desenvolvimento e crescimento econômico.

“Queremos reforçar o interesse de investir em Roraima, queremos ampliar o número de agências na capital e interior e levar nossas linhas de crédito para agricultura, atendimento a micro e pequena empresa e outros segmentos”, pontuou.

 

...

SECOM GOV DE RR