Quinta, 31 Março 2022 08:39

VÉIO DA HAVAN PREFERE SE MANTER EMPRESÁRIO

Avalie este item
(0 votos)

Luciano Hang decide seguir no ativismo político e não será candidato nas eleições deste ano

Umas das decisões mais aguardadas no cenário pré-eleitoral de 2022 se deu nesta quarta-feira, 30 de março. Em Live Especial, o empresário Luciano Hang, declarou publicamente que seguirá no ativismo político, porém não se filiará a uma sigla partidária e nem será candidato nas eleições deste ano.

Durante a Live de um pouco mais de 30 minutos, que foi acompanhada por quase 10 mil pessoas, o empresário pontuou, incialmente, as razões que o levaram a ingressar o ativismo político. Falou que a luta contra o comunismo e a ideologia de esquerda, que podem destruir o Brasil assim como fizeram com outras nações, é um dever de todos e que há muitas batalhas a serem vencidas. Frisou que as eleições de 2022 será uma das mais importantes da história do Brasil, pois o que está em jogo é a liberdade dos cidadãos.

Ativismo político

Luciano ainda destacou que seguirá usando sua voz para defender as bandeiras do liberalismo econômico, meritocracia, desburocratização, diminuição da máquina pública, privatizações, redução da carga tributária, as reformas administrativa e tributária, privatização das estatais, entre outros pontos. Também afirmou que manterá o compromisso na desconstrução de narrativas, mostrando sempre a verdade dos fatos e defendendo sempre o interesse dos brasileiros.

Disputa ao Senado

Sobre a decisão de não ser candidato a uma vaga ao Senado, inicialmente Luciano detalhou que o assunto passou a ser divulgado depois uma pesquisa eleitoral feita em julho do ano passado, onde seu nome apareceu em primeiro lugar nas intenções de voto dos catarinenses. Um resultado totalmente espontâneo, já que ele nunca havia manifestado o desejo de concorrer a um cargo público.

Porém, questões familiares e o próprio futuro da Havan, que hoje conta com mais de 22 mil colaboradores e 169 megalojas em 21 estados brasileiros (a filial de número 170 inaugura na sexta-feira, 1º de abril em São Bernardo do Campo – São Paulo) foram determinantes na decisão. Ele relatou um episódio envolvendo um dos seus filhos, na recente viagem à Itália, que o fizeram repensar toda a sua vida. “Dediquei a vida toda ao trabalho, sem sábado, sem domingo. Estava sem férias há 2 anos e nesse momento que peguei minha família para ir longe e tomar uma decisão, me acontece esse problema. […] Pensei na família e nos meus funcionários e não serei político. Tenho certeza que as pessoas vão entender”, concluiu Hang.

 

 

...

ASSESSORIA HAVAN