Sábado, 29 Janeiro 2022 12:53

MORO TENDO MUITO QUE EXPLICAR

Avalie este item
(0 votos)

Na mira do TCU, Moro diz que recebeu 45 mil dólares por mês da Alvarez & Marsal

Revelação foi feita em live realizada ao lado do deputado federal Kim Kataguiri (Podemos-SP); informações serão repassadas à Corte

  • Por Jovem Pan

Em uma live realizada ao lado do deputado federal Kim Kataguiri(Podemos-SP), o ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro revelou que recebeu um salário de 45 mil dólares, cerca de R$ 240 mil, no período em que trabalhou para a Alvarez & Marsal, consultoria americana que presta serviços a empreiteiras investigadas pela força-tarefa. A revelação também ocorre depois de o Tribunal de Contas da União (TCU) formalizar um pedido para que o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública tornasse público os rendimentos obtidos entre dezembro de 2020 e novembro de 2021, período em que esteve na companhia – Moro partiu para a iniciativa privada depois de pedir demissão do governo do presidente Jair Bolsonaro.

“Não estou fazendo isso por CPI. Eles recuaram porque sabem que não tem nada de errado, e também não estou fazendo isso pelo TCU, que está abusando do poder. Eu acho que como pessoa que está se colocando como pré-candidato à Presidência, a gente tem um dever de transparência. Eu nunca trabalhei para a Odebrecht. Na verdade, eu desmantelei o esquema de corrupção da Odebrecht”, disse no início da transmissão ao vivo. A Alvarez & Marsal vai apresentar os dados compilados ao TCU ainda nesta sexta-feira. A polêmica em torno dos rendimentos de Moro foi levantada por causa dos clientes da consultoria, como a Odebrecht. Como magistrado, ele foi responsável por autorizar acordos de leniência e delações premiadas que beneficiaram executivos e sócios da empreiteira. A ideia de coletar assinaturas para investigar a conduta do agora presidenciável do Podemos conta com o apoio de parlamentares do PT e do Centrão, mas perdeu força nos últimos dias.