Segunda, 24 Janeiro 2022 08:17

ESPELHO…ARTE E MAIS DE 80 ARTISTAS

Avalie este item
(0 votos)
 

Espelho Labirinto exibe obras de 86 artistas brasileiros em Brasília

Mostra gratuita pode ser vista até 13 de março no CCBB

Por Marieta Cazarré – Repórter da Agência Brasil - Brasília

 

A mostra Espelho Labirinto está em cartaz para o público brasiliense, abrindo o calendário de 2022 no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). São 180 obras de 86 artistas que tem por objetivo inspirar o visitante a se perder num labirinto de texturas, materiais, perspectivas e cores.

As obras ocupam as Galerias 1 e 2 e o Pavilhão de Vidro, até o dia 13 de março de 2022, com curadoria de Vicente de Mello e de Aldones Nino. Eles contam que a escritora Clarice Lispector, autora de textos intimistas, foi a grande inspiração para o formato da exposição.

A mostra sugere ao visitante, de maneira lúdica, um passeio pelos autores e suas conexões, em uma rara oportunidade para conhecer 180 obras em um único lugar.

O acervo faz parte da Coleção Sérgio Carvalho e, entre os artistas, constam nomes premiados como Christus Nóbrega, Luiza Baldan, Flávio Cerqueira, Sandra Cinto, Regina Silveira, Coletivo Três Pe, Sofia Borges, Nazareno, Laerte Ramos, André Severo e Paula Krause. A maioria dos artistas expostos ganhou ou foi indicada ao Prêmio PIPA, que reconhece artistas brasileiros contemporâneos.

Os artistas de Espelho Labirinto têm em comum a inovação e a provocação e desafiam as certezas do espectador. Suas obras e abordagens artísticas refletem a ideia de reflexos e metamorfoses na Galeria 1; de contenção e paisagem na Galeria 2; e de transparências no Pavilhão de Vidro.

Confira a lista completa dos artistas no site da exposição. Os ingressos são gratuitos, mas devem ser retirados no site.

Os curadores e o colecionador

O fotógrafo, ensaísta e curador Vicente de Mello é formado em Comunicação Social pela Universidade Estácio de Sá e especializou-se em História da Arte e Arquitetura no Brasil, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ).

Aldones Nino é Curador Adjunto de Collegium (Arévalo, Espanha) e Assessor de Educação e Formação do Instituto Inclusartiz (Rio de Janeiro, Brasil). Doutorando em Historia y Arte pela Universidade de Granada em cotutela com o programa de Pós Graduação em Artes Visuais da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Sérgio Carvalho, advogado, vive em Brasília desde 1969 e se considera candango de coração, ele é o guardião de mais de 2,3 mil obras de 180 artistas brasileiros contemporâneos. O conjunto é considerado um dos maiores de obras contemporâneas do Brasil.

Serviço

Exposição Espelho Labirinto
CCBB Brasília, até 13 de março
De terça-feira a domingo das 9h às 20h30
Localização: SCES, Trecho 2, Lote 22, Brasília, DF
Fone: (61) 3108-7600