Quarta, 12 Janeiro 2022 12:59

Mais de 45 milhões para MG

Avalie este item
(1 Votar)

João Roma afirma que R$ 45 milhões foram repassados a municípios atingidos por chuvas em MG

Segundo o ministro da Cidadania, nos próximos dias o governo federal deverá reforçar o suporte à população; medida provisória garante total de R$ 700 milhões para atuação nos estados vítimas de calamidades naturais

  • Por Jovem Pan

Na última terça-feira, 11, o ministro da Cidadania, João Roma, sobrevoou cidades afetadas por fortes chuvas em Minas Gerais junto ao ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite. Em entrevista ao vivo para o Jornal da Manhã, da Jovem Pan News, nesta quarta-feira, 12, Roma falou sobre a situação na região e as ações que o governo federal deverá adotar para socorrer a população e Estados vitimados. Ele destacou que dos R$ 700 milhões disponibilizados em medida provisória, R$ 45 milhões já foram repassados a municípios, em ações da Defesa Civil e que o governo pretende reforçar sua atuação para dar suporte à população. 

Segundo o ministro da Cidadania, a quantia de R$ 700 milhões, disponibilizada a partir medida provisória editada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) será utilizada prioritariamente para tratar das calamidades provocadas pelas fortes chuvas que atingem não só Minas Gerais, mas também a Bahia, Tocantins e Piauí. “Estamos escalonando, com ações específicas. Mais de R$ 45 milhões já foram transferidos aos municípios no protocolo da Defesa Civil, e nós vamos reforçar a nossa presença, para que a população consiga suporte para superar esse momento de dificuldade. Essa é a determinação do presidente Bolsonaro”, afirmou.

João Roma se reuniu com o governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), e destacou o encontro como produtivo e informou que ele agradeceu o empenho do governo federal no repasse de recursos. “O governo federal tem atuado de forma decisiva, presente, indo além, inclusive, não apenas com suas missões constitucionais e cooperação, mas também buscando donativos, buscando o envio de alimentos e também dando todo o suporte nesse momento de epicentro de uma calamidade”, comentou. “Em um momento de calamidade como esse, a população pede socorro. E é muito importante a interação, a cooperação entre as diferentes instâncias de poder, como municípios, Estados e governo federal. E também ação dos voluntários, a quem fica o meu agradecimento”, disse Roma.