Sexta, 31 Dezembro 2021 10:42

Aumento de passageiros em 2021

Avalie este item
(1 Votar)

Aeroportos da Infraero têm aumento de passageiros neste fim de ano

Número de pousos e decolagens deve chegar a 22,6 mil

Por Agência Brasil - Brasília

Com o avanço da vacinação e a diminuição dos casos registrados de covid-19 em todo o país, os brasileiros estão voltando a viajar no final do ano. Os aeroportos administrados pela Infraero devem receber cerca de 3 milhões de passageiros até 3 de janeiro. De acordo com a empresa, que opera 37 aeroportos em todo o país, o número será 44% maior em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com informações repassadas pelas companhias aéreas, o número de pousos de decolagens deve chegar a 22,6 mil, 37% maior em relação ao ano passado, quando foram registrados 16,5 mil entre 18 de dezembro de 2020 e 4 de janeiro deste ano.

De acordo com a Infraero, com a continuidade da pandemia, seguem as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para manutenção do distanciamento social, uso de uso de máscara e higienização das mãos.

Devido à grande movimentação nos terminais, a Infraero recomenda que os passageiros com destino internacional cheguem com antecedência de 3 horas para voos internacionais e de 1h30 para voos nacionais.

Brasília

No Aeroporto de Brasília, administrado pela Inframérica, serão esperados 285 mil passageiros e 2 mil pousos e decolagens entre hoje e 2 de janeiro. Foram colocados 30 voos extras para atender à demanda.

Amanhã (28) e quinta-feira (30) serão os dias com maior fluxo de passageiros, com 43 mil usuários por dia. Os destinos mais procurados são Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife e Salvador, além novas rotas, como Porto Seguro (BA), Jericoacoara (CE) e Ilhéus (BA).

Na capital federal, os destinos internacionais mais procurados são Lisboa e Cancún, no México. São esperados 5 mil embarques e desembarques na área internacional.

A orientação é para que os passageiros cheguem ao aeroporto com duas horas de antecedência, usem máscaras faciais e evitem aglomerações nos portões de embarque.