Imprimir esta página
Quarta, 08 Dezembro 2021 09:22

O remédio para disfunção erétil, Viagra, pode estar associado ao menor risco da doença de Alzheimer, revelou um estudo conduzido por especialistas da Cleveland Clinic, um dos hospitais mais bem avaliados dos Estados Unidos. Os pesquisadores descobrir

Avalie este item
(0 votos)

O remédio para disfunção erétil, Viagra, pode estar associado ao menor risco da doença de Alzheimer, revelou um estudo conduzido por especialistas da Cleveland Clinic, um dos hospitais mais bem avaliados dos Estados Unidos. Os pesquisadores descobriram que o sildenafil é associado a um risco reduzido da doença de 69% nos homens que o utilizaram, considerando raça, sexo e idade. Foram mais de sete milhões de pessoas participantes deste estudo conduzido pelo Dr. Feixiong Cheng. Apesar da animadora descoberta, os autores da pesquisa indicam que não é possível dizer definitivamente que existe relação causal entre Viagra e Alzheimer, mas que é preciso testar em ensaio clínico essa possibilidade.