Terça, 07 Dezembro 2021 09:59

Queiroga diz que Ômicron não é motivo para pânico

Avalie este item
(0 votos)

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, reiterou nesta segunda-feira, 6, durante evento no Rio de Janeiro, que não há motivo para pânico com a nova variante da Covid-19, a Ômicron. Segundo ele, o Brasil tem a força do Sistema Único de Saúde (SUS) e gestores públicos atuando firmemente no enfrentamento à doença desde o início da pandemia. Queiroga alertou, no entanto, que muitos países ainda não tem pleno acesos à vacina, citando a África do Sul como exemplo. Enquanto isso, i Brasil, por sua vez, já viabilizou mais de 140 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 e tem capacidade para produzir mais 400 milhões de doses de 2022.

Marcelo Queiroga, representantes da Universidade de Oxford, do governo do Estado e do município do Rio e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) participaram de uma cerimônia no Centro Cultural do Ministério da Saúde para celebrar a parceria entre a universidade e o Brasil. A proposta é que funcione um Centro Administrativo, no Rio de Janeiro, em que pesquisadores e cientistas brasileiros e ingleses atuem juntos e discutam temas como cardiologia, inteligência artificial, atenção primária e Covid-19. Além disso, a proposta é promover pesquisas em parceria com o Instituto Nacional do Câncer, com o Instituto Nacional do Coração, Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia. O vice-presidente da Fiocruz, Marco Krieger, falou à Jovem Pan sobre a iniciativa.