Terça, 24 Agosto 2021 09:05

STF anula condenação de Geddel nos 51 milhões

Avalie este item
(0 votos)

Segunda Turma do STF anula condenação de Geddel no caso das malas de dinheiro…Condenação por lavagem de dinheiro foi mantida e pena do ex-ministro fixada em 13 anos e quatro meses…

  • Geddel se encontra em prisão domiciliar após o benefício ser concedido em função do seu estado de saúde e da pandemia
  • Por Jovem Pan
José Cruz/Agência Brasil
 
A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) julgou recurso apresentado pela defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima e por 3 votos a 1 caíram as condenações de associação criminosa e danos morais.

As penas haviam sido impostas a ele e ao irmão, o ex-deputado Lúcio Vieira Lima, pelo caso do Banker encontrado em um imóvel em salvador em 2017. No local, a Polícia Federal localizou R$ 51 milhões, valor que, segundo o Ministério Público, seria de propina.

O julgamento do recurso apresentado pela defesa do politico foi virtual. O relator, ministro Edson Fachin, foi contra, enquanto Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Nunes Marques foram favoráveis.

O argumento de Mendes é que Geddel e o irmão possuem estreitos vínculos familiares, não podendo ser considerado prova de associação criminosa.

A condenação por danos morais no valor de R$ 52 milhões foi anulada porque, segundo os ministros, não existiam fundamentos suficientes para fixar o valor do dano coletivo. A condenação por lavagem de dinheiro foi mantida. Com isso, a pena de Geddel Vieira Lima foi reduzida e fixada em 13 anos e 4 meses.

Atualmente, ele se encontra em prisão domiciliar. O benefício foi concedido em 2020 em função do estado de saúde e da pandemia.