Imprimir esta página
Domingo, 22 Agosto 2021 11:09

SENADOR FALSEADO AGE EM SOMBRAS

Avalie este item
(0 votos)

Após pedido de impeachment de Moraes, Alcolumbre decide não pautar sabatina de Mendonça

Senador considerou atitude do presidente Jair Bolsonaro como ‘lamentável’

  • Por André Siqueira

A decisão do presidente Jair Bolsonaro de apresentar um pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), causou uma consequência direta: o presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ), Davi Alcolumbre (DEM-AP), decidiu não pautar a sabatina de André Mendonça, indicado para a vaga do ministro Marco Aurélio Mello na Corte.

O ex-presidente da Casa considerou a atitude do mandatário do país como “lamentável”, segundo relato de três parlamentares ouvidos reservadamente pela reportagem.

Como a Jovem Pan mostrou, Alcolumbre sempre foi um dos principais focos de resistência à indicação de Mendonça ao STF.

Em razão disso, articuladores políticos do Palácio do Planalto entraram em cena, nas últimas semanas, para distensionar a relação e tentar pavimentar a ida do ex-advogado-geral da União à Suprema Corte. Depois de um jantar que ocorreu na casa do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), que contou com a participação do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, o senador do DEM sinalizou que se encontraria com o nome “terrivelmente evangélico” escolhido por Bolsonaro “em breve”.