Quarta, 16 Março 2022 15:32

Eirunepé decreta estado de emergência em função da cheia do Rio Juruá

Avalie este item
(0 votos)

 

A prefeitura de Eirunepé decretou estado de emergência nesta quarta-feira (16), em função da cheia do Rio Juruá, que hoje superou a marca de 16,71 metros e já afeta mais de 12 mil pessoas na zona urbana e rural do município do interior do Amazonas.

De acordo com o prefeito Raylan Barroso, que já buscou o apoio do governador Wilson Lima, bem como da Defesa Civil do Estado, 2.270 casas na zona urbana de Eirunepé já estão debaixo d’água, afetando 6.947 pessoas. Na zona rural a situação é semelhante, com 1.474 casas alagadas e 5.306 pessoas afetadas pela cheia do rio, que ele caracterizou como repentina.

“Determinei uma força tarefa para atender as demandas das famílias hora afetadas. Foi feito um levantamento (cadastro) das famílias tanto da zona urbana e rural e ainda aquelas que correm o risco de serem afetados pela cheia do rio, havendo a possibilidade de serem alocados e recebidos em propriedades destinados pela prefeitura como escolas e ginásios”, explicou Raylan.

O prefeito ainda disse que foi criada uma força tarefa municipal composta pelas pastas da Defesa Civil Municipal e secretarias de Saúde, Ação Social, Obras e Educação para o atendimento das famílias. “As equipes de saúde, obras, ação social e outras estão in loco orientando, ajudando e buscando soluções para com as famílias afetadas”, garantiu.