Quinta, 28 Julho 2022 09:54

SIM, AGENDE E FIQUE 'ATÉ O TUCUPI DE CULTURA

Avalie este item
(0 votos)

SÃO VÁRIAS LINGUAGENS CULTURAIS EM RICA REGIONALIDADE CABÔCA, QUE EXISTE HÁ 15 ANOS E assim começa o nosso Festival Até o Tucupi, que vem nesta sua edição de 2022 com uma programação que se estende ao longo da semana, indo nas zonas Central e Norte de Manaus, finalizando com a Mostra Musical, nos dias 29 e 30 de julho.

O evento é produzido e protagonizado em sua maioria por produtores e artistas periféricos, negros e LGBTQIA+ da cidade de Manaus e neste ano, conta com participações de gente de fora, Belém e São Paulo nas atrações musicais.

A programação inclui também palestras, painéis e oficinas focadas na qualificação e formação desta geração de produtores e artistas que ocupam a cena artística da cidade. 

Ao todo serão 11 atrações na Mostra de Música: Jup do Bairro (SP), Nic Dias (PA), Anna Suav, Lua Negra, Kurt Sutil, Gabi Farias, Dan Stump, Lary Go & Strela, Jacintas, Maddy & Seus Namorados e Um Trevo. A Mostra de Música acontece de 29 a 30 na arena aberta do Palacete Provincial, na Praça Heliodoro Balbi, Centro de Manaus.

Jup do Bairro

Jup do Bairro se apresenta no dia 30, é cantora, atriz, performer, uma multiartista natural de São Paulo e integrou por três anos a banda de Linn da Quebrada como backing vocal e performer. Simultaneamente, criou o Bad do Bairro, ao lado da produtora musical e DJ Badsista. Em 2020 Jup lançou seu EP de estreia Corpo Sem Juízo que foi sucesso de público e crítica rendendo para Jup os prêmios Multishow e APCA na categoria Revelação do Ano. Na TV, Jup estreou em 2019 no Canal Brasil, onde conduz com Linn da Quebrada o programa de entrevistas TransMissão, com duas temporadas realizadas e uma terceira em produção.

Nic Dias

Cria das ruas de Icoaraci, distrito suburbano de Belém, o show de Nic Dias acontece na sexta-feira (29). Ela tem mostrado nos seus versos a potencialidade da sua voz em contar histórias que muitas vezes são silenciadas, em um país culturalmente racista como o Brasil. De cabeça erguida e trajada de confiança nas suas rimas, em cada música nova a rapper mostra porque veio para ficar: sem filtro, Nic está disposta a contar cada pensamento e poesia que estão entalados na garganta, a partir da sua visão e vivência como uma mulher negra, nortista e da periferia, sem se importar a quem possa, ocasionalmente, incomodar.

Festival Até o Tucupi

Desde 2007 o Festival Até o Tucupi amplia a possibilidade de produção cultural brasileira escrevendo uma história participativa incluindo a sociedade civil, mobilizadores culturais e incluindo em sua essência a cultura digital, além das associações e os coletivos. Numa perspectiva regional, o Até o Tucupi promove intercâmbio cultural do Amazonas com outras regiões e descentraliza as produções artísticas através da troca de tecnologias sociais voltadas para a capacitação dos agentes culturais. A linha de frente do Festival atua com a luta antirracista, a visibilidade LGBTQIA+, igualdade de gênero, a produção artística fora dos grandes centros e em 2022 pauta a emergência climática em seu eixo.

O Festival Até o Tucupi de Artes Integradas 2022 é uma realização do Coletivo Difusão e a Fundação Nacional das Artes - Funarte, através do Prêmio Funarte Festivais de Música 2021 e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Amazonas - SEC, através do Prêmio Amazonas Cultura Em Rede. O Festival integra a Associação Brasileira de Festivais Independentes - Abrafin e também sem apoio do Sistema Operacional da Música (S O. M.).

 

Confira a programação completa:

 

27/07 (quarta)

19h às 22h - Projeto Integrado: “Batalha Lado Norte”.

Realizadores: Lado Norte.

Descrição: evento realizado pelo coletivo Lado Norte, na zona norte da cidade de Manaus, com batalha de rimas e pocket shows de artistas daquela localidade.

Local: Rua Hélio Leão, 447, Cidade Nova (ao lado do mercado São Jorge).

Acesso gratuito

28/07 (quinta)

14h - Projeto Integrado: “SusPenso”.

Realizadores: Odacy Oliveira.

Descrição: É um projeto artístico de Ação Performática. Um corpo, uma ponte, um igarapé (ou os vestígios dele). Interligadas entre si, por meio da tensão gerada a partir da inquietação/provocação da relação do corpo e a paisagem urbana singular da cidade de Manaus, coloca a presença em estado direto, suspendendo julgamentos e abrindo-se para as sensações que possam emanar dessa relação, do corpo que é suspenso e pensa, do olhar do transeunte ou do apreciador que visualiza esse estado de tensão. Um corpo/arte/pintado suspenso sob uma ponte que cruza um igarapé. Interferência, influência, pertinência.

Local: Ponte no Igarapé do Passarinho (Av. Ten. Roxana Bonessi, Monte das Oliveiras).

19h às 22h - Projeto Integrado: “Bumba Meu Vogue”.

Realizadores: Casa Matagal.

Descrição: o movimento ballroom na cidade de Manaus tem três anos de consolidação, formado por corpos pretes, indígenas e em sua maioria travesti e trans da periferia de Manaus. A Casa Matagal propõe baile com temática regional, perguntando: e se o vogue fosse amazônico?

Local: Taberna 1069 (Av. Getúlio Vargas, Centro).

Acesso: R$ 10,00 (antecipado) / R$ 20,00 (na hora).

29/07 (sexta)

16h às 17h - Painel “Agência Let’s Gig: Booking e Agenciamento Artístico”.

Facilitadora: Fernanda Martucci

Descrição: Fernanda Martucci compartilha sua experiência com a Let’s Gig, que realiza agenciamento e booking de artistas brasileiros. A palestra se desenvolve em torno da no prática e funcionamento desse serviço imprescindível para o crescimento de um artista no Brasil.

Local: auditório do Palacete Provincial (Praça Heliodoro Balbi, Centro de Manaus).

Número de participantes: capacidade do espaço.

Acesso gratuito.

17h às 18h - Projeto integrado: “Ruas, becos e vielas”.

Realizadores: Contem Dança Cia.

Descrição: O projeto de Intervenção Urbana em Dança “Ruas Becos e Vielas” apresenta a proposta de continuidade da investigação em espaços urbanos a partir das experiências espaço-tempo já vivenciadas pelos artistas da Contem Dança Cia.

Local: entorno do Palacete Provincial (Praça Heliodoro Balbi, Centro de Manaus).

19h às 22h - Shows musicais.

Local: arena aberta do Palacete Provincial (Praça Heliodoro Balbi, Centro de Manaus). Acesso gratuito. Vídeo mapping: Paulo Trindade

18:45h - Jaime Diakara (@jaimediakara)

Rito de defumação - ritual de defumação cosmológica Dessana, abrindo os shows do Festival Até o Tucupi 2022.

19h a 19:30h - JACINTAS

19:40h a 20:10h - LUA NEGRA

20:20h a 20:50h - GABI FARIAS

21h a 22h - NIC DIAS (PA)

21h - Projeto integrado: “Toca do rato”.

Realizadores: Cepecompany.

Descrição: A ‘Toca do rato’ é um projeto que visa levar o bairro para o mundo, apresentando artistas periféricos, racializados, lgbtqia+ e todes que estão à margem da sociedade. Em suas interferências leva ritmo e arte, com dj set, apresentações musicais voltadas para o underground. Fotografia e artes visuais também integram seu espectro de atuações.

Local: Bar do BK (Av. Igarapé de Manaus, 150, Centro).

Acesso gratuito.

 30/07 (sábado)

13h às 15h - Atendimento Agência Let’s Gig.

Facilitadores: Fernanda Martucci e Ricardo Rodrigues.

Descrição: consultorias individuais com os participantes da Oficina "Gestão de Carreira - Juntando as Peças", com ideias de como ampliar as possibilidades do modelo de negócio de cada um.

Número de participantes:

Local:

15h às 17h - Encontro “A Amazônia e os Festivais de Música”.

Convidados: Elisa Maia (Festival Até o Tucupi e Festival Somas), Jeft Dias e Gerson Dias (Festival Psica), Manoel Rola (Festival Tomarrock), Ricardo Rodrigues (Festival Contato), Sara Loiola (vice-presidente da Abrafin e Festival Internacional de Mulheres Negras), Patrícia Borges (Festival Kariwa Bacana), Sissy Mendes (Feira de Alternativas Urbanas)

17h às 22h - Shows musicais.

Local: arena aberta do Palacete Provincial (Praça Heliodoro Balbi, Centro de Manaus).

Acesso gratuito.

Video mapping: Paulo Trindade

17h a 17:30h - UM TREVO

17:40h a 18:10h - MADY E SEUS NAMORADOS

18:20h a 18:50h - LARY GO & STRELA

19h a 19:30h - KURT SUTIL

19:40h a 20:10h - DAN STUMP

20:20h a 20:50h - ANNA SUAV

21h a 21:50h - JUP DO BAIRRO

 21h às 06h - AFTER OFICIAL DO ATÉ O TUCUPI 2022: BANANA FRITA.

Descrição: Banana Frita é a festa que fecha as ações do Festival Até o Tucupi 2022, com a estrelada DJ paulistana Badsista e fortes representantes da cena eletrônica local: Koka b2b Guilllerrrmo, Llluaninha, Funkadona, Walfatal, Shaisson e Dreko.

Local: Casa Luppi (Rua Ferreira Pena, 139, centro de Manaus).

Acesso: ingressos a R$ 40,00 / R$ 50,00 / R$ 60,00.

 

Nas Redes:

 Instagram: https://www.instagram.com/ateotucupi

Facebook: https://www.facebook.com/FestivalAteoTucupi

YouTube: https://bit.ly/AteOTucupiYouTube

Flickr: https://flickr.com/photos/coletivo_difusao/

 
 
 
 
 
...
ASSESSORIA