Segunda, 07 Março 2022 08:20

TURISMO RELIGIOSO GANHANDO DESTAQUE

Avalie este item
(2 votos)

Prefeitura capacita 25 jovens para atuarem no segmento do turismo religioso

A Prefeitura de Manaus capacitou, por meio da Fundação Municipal de Turismo, Cultura e Eventos (Manauscult) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/AM), 25 jovens assistidos pela Pastoral do Migrante da Arquidiocese de Manaus, com o curso completo de “Monitores de Turismo” para atuação no segmento “Turismo Religioso Local”. O curso, que teve duração de 20 dias e um total de 60 horas, aconteceu no auditório do Centro de Turismo e Hospitalidade do Senac, no Centro.

Durante as aulas, divididas em teóricas e práticas, os alunos, em sua maioria, bilíngues, aprenderam os costumes e práticas na igreja; história e arte sacra; valorização do patrimônio; atendimento especializado ao turista, entre outros temas. A capacitação surgiu após a Prefeitura de Manaus reconhecer a importância dos templos religiosos, sobretudo, as igrejas católicas no Centro Histórico de Manaus, para, então, inovar com um novo segmento de turismo na cidade: o religioso.

De acordo com a Diretora de Turismo da Manauscult, Oreni Braga, as igrejas católicas têm um tesouro escondido em termos de arquitetura, de história, e, também, de acervo, instrumentos e ferramentas que a igreja usa ao longo desses anos, e que estão acostados em espaços onde eles podem ser transformados em memoriais. Ainda segundo ela, Manaus tem capacidade para inovar e competir.

“Esse trabalho é uma ação inédita da prefeitura em parceria com a Arquidiocese de Manaus e com o Senac, no sentido de prospectar esses templos católicos e, ao mesmo tempo, em identificar as pessoas capazes de serem treinadas para monitores e para guia de turismo se especializando no segmento do turismo religioso”, destacou.

Avaliação

Uma comitiva integrada por membros da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur); Senac/AM; secretarias municipais de Limpeza Urbana (Semulsp); Infraestrutura (Seminf); Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU); Associação Brasileira de Agências de Viagens do Amazonas (Abav-AM); Arquidiocese de Manaus e os 25 formandos, percorreram, nesta sexta-feira, 4/3, o quadrilátero religioso do Centro Histórico de Manaus, com o objetivo de identificar as necessidades de melhorias não só no paisagismo, mas, na limpeza, na poda de árvores, no calçamento, no asfaltamento das ruas, na sinalização turística, segurança, entres outros aspectos.

“Esta avaliação nos permitiu redigir um relatório robusto de repaginação do quadrilátero religioso do centro histórico, que tem como meta transformá-lo num portfólio de visitação para a cidade de Manaus e inseri-lo no roteiro turístico religioso brasileiro, que será apresentado ao CMGE (Conselho Municipal de Gestão Estratégica) e ao prefeito David Almeida”, concluiu Oreni.

Economia

O turismo religioso movimenta milhões de pessoas no mundo. No Brasil, movimenta 20 milhões de pessoas por ano e é responsável por injetar R$ 15 bilhões na economia brasileira, aquecendo as atividades do comércio e serviços com a geração de emprego e renda. No geral, essas pessoas buscam Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Ceará e Pará, em busca de atrativos religiosos.

Metas

A Manauscult vai realizar, em abril, uma nova formação de monitores bilíngues para atuação em todo o Centro Histórico de Manaus e intensificar a promoção e divulgação da capital amazonense como destino turístico nos mercados regional, nacional e internacional, além de articular junto às companhias aéreas novos voos.

 

 

— — —

Texto Semcom PMM

– Emanuelle Baires / Manauscult