Quinta, 17 Junho 2021 18:07

RESUMO DAS DISCUSSÕES NA ALEAM

Avalie este item
(0 votos)

A Sessão Plenária, desta quinta-feira (17), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), ocorrida de forma híbrida, teve como assuntos principais os últimos acontecimentos da semana, como o depoimento do ex-secretário de Saúde na CPI da Pandemia do Senado, o lançamento do Prêmio Professor Inovador e a vacinação de professores.

O deputado Dermilson Chagas (Podemos) repercutiu o depoimento do ex-secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, na Comissão Parlamentar de Inquérito do Senado Federal (CPI da Pandemia) que investiga as ações de estados e do Governo Federal, no enfrentamento à Covid-19. “Vi uma pessoa perdida, sem conhecimento dos fatos, datas e nomes dos culpados. Só fortalece a ideia de que o governo é perdido, na saúde, segurança pública, educação. É um governo voando sem gasolina no tanque e o maior prejudicado é o povo”, acusou.

Vacinação dos Professores

Therezinha Ruiz (PSDB) convidou para a abertura das inscrições para o Prêmio Professor Inovador, voltado a todos os educadores das redes públicas estaduais e municipais, que estará aberta até julho. A deputada falou também da tentativa de antecipar o prazo de vacinação da 1ª e 2ª dose das vacinas direcionadas aos profissionais da Educação. “Em reunião com o Sindicato dos Professores, conversamos sobre as dificuldades dos estudantes, de seus pais, mas precisamos voltar às aulas com os professores imunizados, logo pediremos ao governador Wilson Lima (PSC) e ao prefeito David Almeida (Avante) a antecipação da vacinação”, esclareceu.

Combate à corrupção

Serafim Corrêa (PSB) relatou sua participação em evento da Escola da Magistratura, vinculada ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), sobre o serviço extrajudicial na prevenção e combate à corrupção e lavagem de dinheiro, com palestra do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. Serafim afirmou que não era apenas uma palestra, mas um registro histórico. “O ministro Dias Toffoli normatizou as obrigações dos cartórios extrajudiciais no combate à corrupção e à lavagem de dinheiro, o Provimento nº 88. Na sequência, Ricardo Liao, ex-diretor do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e do juiz amazonense Josenildo do Nascimento, que fizeram um apanhado geral da situação atual brasileira em relação ao combate ao crime organizado”, concluiu.

Amamentação e preconceito

A deputada Joana Darc (PL), participando de modo remoto, denunciou que ao retornar aos trabalhos, após sua licença-maternidade, com o filho no colo e amamentando, foi duramente criticada e atacada por amamentar em público. “A maioria dos comentários veio de mulheres. São comentários cujo teor é minoria na sociedade. Venho a público compartilhar com os colegas parlamentares para que, enquanto Assembleia Legislativa, possamos coibir essas situações”, afirmou.

A deputada convidou a população para uma reunião técnica a partir das 11 horas, nesta sexta-feira, que acontecerá na Casa Legislativa em alusão ao Dia do Orgulho Autista, comemorado todo 18 de junho. Joana falou ainda sobre seu Projeto de Lei (PL) nº 473 de 2020, que assegura o direito à amamentação, em áreas de uso coletivo pública ou privada, livre de discriminação ou assédio. “Não imaginava passar por esse tipo de situação, de ser atacada por amamentar em público e peço que possamos dar celeridade a esse PL, transformá-lo em Lei para garantir esse direito às mulheres e aos seus filhos e filhas”, finalizou.

 

 

...

 

Texto e foto: Diretoria de Comunicação da Aleam