Imprimir esta página
Segunda, 11 Janeiro 2021 10:25

Pazzuelo afirma diferenciações para AM

Avalie este item
(0 votos)

Redação AgNORTE.com.br

Uma coisa é certa, o Amazonas está na listagem de prioridades do Governo Bolsonaro, e o amazonense, general Pazzuelo está em Manaus para certificar o andamento de novas diretrizes em combate ao coronavírus, que tem um surto elevadíssimo em Manaus.

Entre os muitos desleixo do cabôco, em muitas aglomerações, e o descuido com as precauções diante da pandemia, em que é necessário ainda o uso de máscaras, aplicação do gel em álcool, lavar sempre bem as mãos, e tomar todos os devidos cuidados, porém, a economia frágil, não só na Capital, mas, Brasil afora, porém, é preciso que o cidadão possa também contribuir regulando mais as saídas de casa.

O Ministério da Saúde anunciará os novos esforços que serão feitos a partir desta semana, bem como desde a semana passada o Exército já montou em tempo recorde um reforço hospitalar para ajudar a atender os doentes que chegam a todo momento na rede de saúde da Capital.

Dentro do cronograma do MS, Pazzuelo diz que será feito uma novareorganização do atendimento nos postos e hospitais com recrutamento de profissionais de saúde; à abertura de leitos de UTI; e ao envio de equipamentos, insumos e medicamentos.

Tudoisto ocorre numa prioridade para Manaus, já que o governo federal tem ciência da gravidade de como se encontra a saúde do Estado, que com ou sem pandemia já sofre um caos, que mesmo estando a dois anos de mandato Wilson Lima não conseguiu aliviar determinados gargalos da tão combalida saúde pública.

Ficou para tarde desta segunda, 11, Pazzuelo e o governador Wilson entregarem mais 10 leitos de UTI e 118 leitos clínicos no Hospital Universitário Getúlio Vargas.