Sábado, 26 Dezembro 2020 13:56

Decreto de Wilson é um tiro no empresariado

Avalie este item
(2 votos)

O decreto do Governador Wilson Lima, que paralisa as atividades do setor produtivo sob a alegação de evitar o contágio em massa, deve ser revisto com urgência sob pena de falência coletiva.

O fechamento das empresas, que duramente tem sustentado o estado com a arrecadação de impostos e manutenção dos empregos, é um tiro nas esperanças dos empresários que esperavam recuperar um pouco as perdas causadas pela interrupção obrigatória de suas atividades no primeiro semestre.

Devemos sim nos proteger, usar máscaras, álcool em gel, evitar contatos próximos, mas o que nós não podemos é deixar de trabalhar. O pai e mãe não podem ficar sem dar pão para
a sua família, não pode deixar de prover sua casa.

SEM TRABALHO, VENDAS e PRODUÇÃO, NÃO TEM SOLUÇÃO!!!

Meu nome é Romero Reis e essa é minha opinião!

#BrasilTemPressa #ConteComONOVO