Sexta, 27 Novembro 2020 15:07

SAÚDE, UMA SITUAÇÃO CAÓTICA QUE NÃO MUDA

Avalie este item
(1 Votar)
A Saúde do Estado está sob o comando de Jalser A Saúde do Estado está sob o comando de Jalser

NÃO É DE HOJE QUE o roraimense vive com uma saúde precária no Estado, e na Capital apesar de muitos esforços da parte municipal, a parte do Estado o Governo Denarium ainda não acertou em melhorar os serviços, mesmo com tantas mudanças no comando da Secretaria de Saúde, o que se vê é falta de remédios, é enfermeiros e médicos insatisafeitos e mais uma categoria, agora a dos maqueiros que esperam há tmepos o pagamento do adicional de insalubridade.

São cerca de 40 maqueiros que fizeram o seletivo da Sesau (Secretaria de Estado da Saúde), e aora espera-se mais um ato de manifestação, que deve ocorrer nesta segunda, 30, no Palácio do Governo.

Segundo fontes, são quatro meses sem ver a o dinheiro, que é um direito assegurado por lei para atividades consideradas insalubres - no caso a dos maqueiros.

RETROATIVO

Uma outra fonte na Saúde diz que os maqueiros foram orientados em entrar com pedido do retroativo, já que se calcula esses quatro meses sem receber, porém, outro grupo de maqueiros já fez isto e também continua sem ter uma posição oficial de pagamento da Sesau.

“Tem servidor que já deu entrada três vezes e não recebeu. No contrato assinado em junho está descrito como nosso direito esse adicional, o que equivale a 20% do nosso salário”, afirmou a fonte.

GOVERNO

Nota Oficial da Sesau - 

A Coordenadoria Geral de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde da Sesau informa que os valores referentes ao adicional de insalubridade estão sendo pagos regularmente.

No entanto existe um trâmite administrativo que precisa ser seguido.

O servidor precisa apresentar o questionário de insalubridade preenchido à Unidade onde atua, para posterior envio à coordenadoria e encaminhamento à Comissão de Avaliação de Insalubridade, Periculosidade e Penosidade na Segad (Secretaria da Gestão Estratégica e Administração). 

No entanto é preciso ressaltar que se deve seguir todos as normas estabelecidos pela Administração Pública, e estamos aguardando a correção das inconsistências encontradas. A gestão ressalta que somente após a confecção do Laudo, é autorizado o pagamento, seguidos todas as normas estabelecidas pela Administração Pública.

...

TRISTE VERDADE DE DENARIUM

O que se sabe e facilmente confirmado por meio de muita boataria, porém, verdadeiros rumores que nos informam o quanto a Saúde está sucateada, há décadas, isto porque entra governo, sai governo e continua tendo esta pasta a ser mais e mais dilapidada, mais e mais roubada, e quem sofre com os atos corruptivos na Saúde é o povo.

A verdade é que o povo roraimense tem morrido por pura e simples culpa dos atos corruptivos na Saúde quando o dinheiro desviado acaba atingindo a vida da população. 

Pior.

Em tempos de pandemia as jogatinas políticas tomam conta, prova disto é o comando da Saúde estar nas mãos do deputado Jalser Renier, presidente da Assembleia Legislativa que junto como senador Mecias de Jesus tem dividido o poder de comandar a caneta das mãos do governador.

O atual secretário de Saúde, Marcelo Lopes é da linha de frente de Jalser, e assumiu a pasta, porém, coma chegada da eleição e o candidato de jalser, Ottaci, vem sendo beneficiado pela direção da Saúde, onde servidores são obrigados a apoiar nas ruas, nos comícios e nos programas de ottaci, porque assim jalser determina.

E é em casos sóridos que acontecem na polítia, conchavos que o governador aceita servir, que Denarium divide o seu comando do Estado, tendo o mais guloso o senador Mecias de Jesus, que tem CAER, e SEFAz, além de outros cargos dentro do Governo.

Jalser para não ficar atrás, pegou a pasta mais robusta, a Saúde, porém, essa politicagem tem matado o povo.

Até quando isto...