Sexta, 08 Novembro 2019 15:20

MÊS DE MUITA MÚSICA E TEATRO MUNICIPAL

Avalie este item
(0 votos)

Novembro da Música..Orquestra do IBVM e Coral da UFRR celebram centenário do compositor Cláudio Santoro

 Por Fábio Cavalcante

A principal casa de espetáculos da capital, o Teatro Municipal de Boa Vista, recebeu na noite dessa quinta-feira, 8, um concerto apresentado pela Orquestra de Câmara do Instituto Boa Vista de Música (IBVM) e pelo Coral Universitário, da Universidade Federal de Roraima (UFRR), onde foi celebrado o centenário do compositor brasileiro nascido no Amazonas, Claudio Santoro.

Promovido pelo IBVM, em parceria com a Prefeitura de Boa Vista, o evento faz parte do projeto Ciclo das Quintas e também compõem as programações do Novembro da Música, que teve início nesta segunda-feira e que se propõem em difundir a arte musical por meio de concertos e oficinas de educação musical para pessoas de todas as idades.

No concerto, foram apresentadas duas obras de Cláudio Santoro, o “Ponteio” e o “Mini Concerto Grosso”, interpretados pela Orquestra de Câmara do IBVM, que contou também com músicos do quinteto da Amazonas Filarmônica. Em seguida, o Coral da UFRR apresentou a cantata “O Operário em Construção”. Baseada no poema de Vinícius de Moraes, a obra é uma composição de Luciano Camargo, professor do Curso de Música da UFRR e regente do espetáculo.

A obra foi incluída no programa por conta da linha poética de Morais que dialoga com a tendência artística e política do realismo soviético, grande influência na obra de Cláudio Santoro, um dos grandes expoentes da música folclorista do modernismo brasileiro, sendo que sua estética também estava alinhada com as principais vanguardas europeias da música do século XX.

Para o maestro Luciano Camargo, a ideia de celebrar uma homenagem a Cláudio Santoro é uma questão de honra e também didática, uma vez que se trata de um grande compositor que os brasileiros precisam conhecer e que está no mesmo nível de nomes como Heitor Villa-Lobos e Guerra Peixe, conhecidos internacionalmente.

“Santoro também teve reconhecimento internacional, principalmente na antiga União Soviética, onde ele morou um tempo e compôs diversas obras lá. Então, é um compositor muito reconhecido lá fora e pouco conhecido no Brasil e aqui na região norte, de quem ele é ‘filho’. Então, o centenário de Cláudio Santoro é uma oportunidade de mostrarmos a obra dele para a população”, disse.

Para o professor de música Celso Lima, o espetáculo foi sensacional, principalmente alinhado à beleza e imponência do Teatro Municipal, que tem fomentado grandes espetáculos e tem motivado diversos artistas a produzirem conteúdo artístico de qualidade a oferecer à população.

“É muito importante esse fomento que a prefeitura, junto com o IBVM, tem proporcionado à comunidade. Para o município, em si, que tem produzido muitos talentos, trazendo grandes músicos. E no teatro você vê hoje vários eventos acontecendo, um movimento muito grande, músicos de outros Estados vindo tocar aqui. Então, o teatro está espetacular, que não deixa a desejar em nenhum teatro do país”, destacou.

Novembro da Música

A semana de difusão cultural teve início na segunda-feira, 4, e envolveu uma série de atividades na área de educação musical. Músicos da Amazonas Filarmônica, de Manaus, vieram a Boa Vista onde ensinaram técnicas de performance, leitura e ética na música para jovens que fazem parte dos projetos socioculturais do IBVM.

Confira os demais eventos da programação:

08/11 – IBVM Jazz Festival – Teatro Municipal de Boa Vista, sala Teatro Escola – 19h

09/11 – Igarapé Musical, abertura com a BigBand e encerramento com a Banda Geração de Adoradores – Praça do Mirandinha – 19h

 

Acesse mais informações no Portal de Notícias da Prefeitura de Boa Vista.
Siga o Twitter @PrefeituraBV e curta a página facebook.com/prefeituradeboavista