Terça, 10 Setembro 2019 12:04

HISTÓRIAS DE SUCESSO PARA SER DIVIDIDA

Avalie este item
(0 votos)

Jean Carlos dos Santos Miranda, de 17 anos, foi convidado pelo Sebrae Roraima para compartilhar sua história durante as oficinas de Planejamento Plurianual 2020/2023, que estão sendo realizadas a partir das 8h, nos dias 9, 10 e 13 de setembro, no edifício Sebrae Airton Dias (Rua: Aquilino Mota Duarte – 1771, São Francisco). O jovem ficou conhecido em Boa Vista após uma foto sua viralizar nas redes sociais, vendendo ‘paçoquinha’ nos semáforos da cidade com um cartaz escrito: Quero ser empresário, tudo tem um começo!SEBRAE RR JEAN

“No início, queria ser médico, pois minha mãe é agente social e vejo como louvável essa profissão. Só que após assistir vídeos e tutoriais na internet, percebi que o meu futuro é no empreendedorismo”, disse Jean.

O jovem faz o 2º ano de ensino médio, na escola Airton Senna, e segundo a mãe, Geciliene Miranda, ele é um excelente aluno e sempre adianta seus estudos. “Foi uma surpresa para mim quando ele decidiu ser empresário e começar a dar seus primeiros passos. Sempre prezo pela boa educação, cobro muito os estudos, e ele é super dedicado e consegue conciliar muito bem a escola, o projeto dele de empreendedorismo e o lazer, que também é importante”, disse a mãe.

Para a diretora Técnica, Dorete Padilha, o comportamento empreendedor do Jean está servindo de inspiração para os colaboradores do Sebrae Roraima. “Estamos passando por um momento muito importante de nossa instituição, que é justamente o período de planejamento para os próximos anos. Nós do Sebrae precisamos estar preparados para todo os tipos de clientes, como o Jean, que nos inspirou a voltar nossas atenções para uma nova forma de atuação”, disse.

 

Desafios

O diretor Administrativo Financeiro do Sebrae, Almir Sá, parabenizou a atitude de Jean e disse que empreendedor é movido por desafios. “O básico do empreendedor é saber como o dinheiro pode gerar mais dinheiro e isso ele já demonstrou conhecer. Ser inovador, ser prático e entender de mercado é o caminho que ele vai começar a percorrer e nós do Sebrae estamos muito felizes em contribuir um pouco com essa jornada”, disse.

Quanto à reação das pessoas e de colegas da escola, Jean diz que sempre recebe apoio e nunca sofreu qualquer abuso ou destrato. “Meus amigos me incentivam muito e minha mãe é confiante em mim. Sabe que não ligaria para qualquer crítica, pois não serei vendedor de paçoquinha para o resto da vida. Esse é só o começo, estou adquirindo experiência para ser um empresário de vendas on-line no futuro”, adiantou Jean.

 

Voucher

Para alavancar os primeiros passos da carreira empreendedora, o Sebrae Roraima disponibilizou para Jean gratuidade para toda a programação de cursos, oficinas, palestras e Empretec até o final de 2019. Ele terá a oportunidade de conhecer métodos inovadores de venda, como atrair clientes, fluxo de caixa básico, arte de falar em público, organização de eventos, marketing digital e redes sociais, gestão de estoque, e demais assuntos do mundo dos negócios, por meio dos serviços e produtos que serão ofertados.

“Fico muito feliz em por contar com o Sebrae para o início da minha vida profissional. Sei o quanto é importante ter conhecimento e aqui é o lugar certo para aprender. Não importa se eu errar ou ter prejuízo, essa é a vida de quem quer empreender. Tenho certeza que no Sebrae terei uma oportunidade de ouro” disse Jean.

A mãe, Geciliene, frisa que acredita no futuro de seu filho, pois sempre norteia seus passos em três aspectos fundamentais. “Honestidade, dedicação e respeito à diferença entre as pessoas. Digo sempre que, se ele agir assim, tudo que ele sonhar, será concretizado”, disse. 

 

Entenda o Negócio atual de Jean

Nas segundas-feiras, Jean compra dois potes de Paçoquinha com 50 unidades cada, para vender terça e quarta-feira. O investimento é de R$ 11,20 por pote. Cada paçoquinha é vendida por R$ 1,00 e o lucro presumido é de R$ 39,80 em cada pote. Na quinta-feira Jean se dedica aos estudos, adiantando os assuntos da próxima semana de aulas, só que na volta para casa, compra mais dois potes de paçoquinha para vender na sexta e no sábado. A meta de Jean é de vender todas as 50 unidades do pote em um dia, chegando ao total de R$ 636,80 mensais.

A estratégia adotada pelo jovem empreendedor é básica e eficaz. “O produto que ofereço é barato e todo mundo conhece. Fiz um cartaz que sensibiliza o cliente e ajuda nas vendas: Quero ser empresário! Escolhi um ponto comercial onde tem um fluxo grande de cliente [semáforo da avenida Glaycon de Paiva – Bairro Mecejana]. Vendo todo meu produto em mais ou menos 1 hora e meia”, explicou Jean.