NA BUSCA DE MAIOR QUALIDADE DA INTERNET

IACTI apresenta plano Estadual de Banda Larga ao ministro da Ciência Inovação Tecnológica e Comunicação...Projeto do Governo do Estado vai permitir internet de qualidade em Roraima

Por WESLEY OLIVEIRA

Durante visita Interministerial a Roraima, que ocorreu nesta quinta feira, 11, o Governo de Roraima, por meio do IACTI (Instituto de Amparo Ciência e Tecnologia), apresentou ao ministro da Ciência Inovação Tecnológica e Comunicação, astronauta Marcos Pontes, o Plano Estadual de Banda Larga.

O projeto analisa uma saída a restrição do nível de penetração de Banda Larga no Estado de Roraima, denominado "Roraima, Estado Digital", que busca criar infraestrutura de Comunicação em Banda Larga para oferecer os Serviços de Comunicação Multimídia aos roraimenses.

Dentro da proposta, o Plano contempla ainda diversas ações estruturantes, entre elas, Cidade Digital, Cinturão de Fibra Óptica, Infovia Georgetown, infovia Rio Branco, e Internet data Center. O custo estimado é de R$ 160,6 milhões e o projeto foi elaborado por técnicos do IACTI e vai atender a todos os municípios do Estado.

O presidente do IACTI, Aluizio Nascimento, ressaltou a importância do projeto e também da confiança em relação ao apoio do Governo Federal.

“O projeto para nós é muito importante, o governador junto ao ministro e eu assinamos o pontapé inicial, que foi a oficialização para o Ministério após duas idas a Brasília. E nós acreditamos que em pouco tempo, no máximo dois anos, estejamos com ele 100% determinado e implantado”, ressaltou.

De acordo com o ministro de Ciência e Tecnologia, astronauta Marcos Pontes, a Ciência e Tecnologia está na ponta dos Países sustentáveis e desenvolvidos. "A Ciência e Tecnologia está na vida da gente e ela pode ajudar na qualidade de vida. Quando você tem Internet e Comunicação você tem a base para o desenvolvimento", disse.

Visita Interministerial

CONEXÃO

Sobre a Internet de qualidade para Roraima, Pontes lembrou que existem dois meios de conexão que podem ser implantados para desenvolvimento do Estado.

"Um dos meios é o lançamento de um Satélite de defesa e comunicação já estacionado. E o primeiro ponto de conexão instalado do satélite foi em Pacaraima. São pelo menos 2.500 pontos instalados pelo Brasil, atendendo cerca de 700 mil crianças em 210 escolas, sendo que 58 delas são de Roraima. São mais 10 mil crianças recebendo o sinal de internet através desse satélite", destacou.

O segundo meio seria a instalação de internet via fibras, o que eliminaria a instabilidade de conexão nas redes causada pelo rompimento do cabo.

"Já estamos providenciando uma solução para esse problema. Estamos estudando a melhor maneira de como levar internet para Roraima. E mais do que isso, com esse programa que recebi hoje, Estado Digital, e que gostei muito pelo fato de já termos um planejamento, isso vai ser idealizado. É o primeiro programa que recebo de um Estado", afirmou.

...

Fotos: Fernando Oliveira


Imprimir   Email