ban pref bvb jul

'FAMÍLIA QUE ACOLHE' Indo além de suas metas

...Balanço 2017: Família que Acolhe atende mais de quatro mil famílias em 2017 e amplia Universidade do Bebê...


Programa integra ações de saúde, educação e social para a primeira infância e contribui para o desenvolvimento das futuras gerações.

Desde que foi criado, em 2013, o Programa Família que Acolhe atendeu mais de 10 mil famílias. São mães, pais e crianças que receberam acompanhamento integrado nas áreas de saúde, educação e social. Famílias que mudaram a visão e os cuidados com a primeira infância, fase que vai da gestação aos seis anos de idade.   

Em 2017, 4.629 beneficiários participaram de atividades do programa. Foram 344 encontros da Universidade do Bebê, oficinas temáticas onde os pais recebem orientações de profissionais qualificados sobre pré-natal, alimentação saudável durante a gestação, aleitamento materno, planejamento familiar, desenvolvimento do cérebro da criança, leitura desde o berço, amadurecimentos da criança, entre outras abordagens.

O calendário de encontros da Universidade do Bebê é dividido de acordo com a gestação e idade da criança. São quatro grupos: gestantes, bebês de 1 mês a 1 ano, de 1 ano e 1 mês a 1 ano e 11 meses e crianças de 2 a 3 anos. Esta última faixa etária foi incluída este ano, ampliando atendimento do programa.

A frequência nos encontros é critério para que as famílias cadastradas recebam os benefícios do programa, a exemplo do Leite da Família e a vaga garantida nas creches do município. Em 2017, o leite foi entregue a 4.241 crianças a partir de um ano de idade. Elas receberam mensalmente três latas de leite para complementar a alimentação.

Quando completam dois anos de idade, as crianças atendidas pelo Família que Acolhe são encaminhadas para as Casas Mãe e creches Proinfância. Juntas, as creches municipais receberam mais de 1.700 crianças este ano nessa faixa etária.

“O Programa Família que Acolhe é uma política pública moderna que garante às nossas crianças uma condição de vida melhor durante seu desenvolvimento e quando adultas, com acesso à saúde e educação de qualidade. Em 2017, nós atendemos muitas famílias. Tenho certeza que despertamos nelas a consciência quanto à importância do fortalecimento do vínculo com a criança e proporcionar que elas cresçam em um ambiente de oportunidades”, disse a prefeita Teresa Surita.

O Programa Família que Acolhe realizou eventos importantes para reforçar os cuidados com as crianças, como a Semana do Bebê e Semana da Amamentação. Os eventos incluem palestras sobre a importância da convivência familiar, os benefícios da alimentação saudável para a gestação, vacinação, aleitamento materno, entre outros temas.

A Prefeitura de Boa Vista iniciou o treinamento dos visitadores do Programa Criança Feliz, do Governo Federal, que vão atuar de forma integrada ao Família que Acolhe, levando informações sobre a importância da primeira infância para a casa de várias famílias de Boa Vista. 

ban zona 

ban gov am

 

agnorte logo02

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM