Terça, 11 Junho 2019 11:20

O VAZAMENTO E AS PERGUNTAS ERRADAS

Avalie este item
(0 votos)

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

Por Marlen Lima

Enquanto para muitos Brasília sofreu com uma bomba!! Onde se destaca que tal o vazamento de conversas do então na época juiz Sergio Moro, hoje ministro de Justiça, com integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato - que isto, claro, se tornou polêmico meramente para atender a mais um grito desesperador desta 'esquerda', que insiste em querer o seu 9 dedos preferido solto.

Ou seja, os politiqueiros e adjacentes de plantão querem o caos, e quanto mais caos, mais tumulto querem para poder atrapalhar este atual governo que tem uma agenda emergencial, mas, para a 'esquerda' o importante agora e sempre é poder abalar as estruturas desta que é a maior operação que vem transformando o país - a Lava Jato.

Portanto, muito simples que um site altamente de esquerda, The Intercept Brasil soltou diálogos privados entre membros do Ministério Público Federal e o ex-juiz Sergio Moro. Mas, de forma tímida a imprensa nacional questiona o vazamento de algo que foi adquirido ilicitamente, diante disto nem deveria ter algum tipo de seriedade, haja vista que o sitezinho não tem credibilidade para tanto.

Por que a pergunta certa é qual a veracidade na obtenção dessas conversas pelo Intercept??!!

Segundo o Intercept, Moro teria sugerido a troca da ordem de fases da Lava Jato e dado conselhos e pistas sobre investigações.

A verdade é que de todo o conteúdo não se tem clareza alguma de que atos de fato tenham sido maculados quando da construção de peças processuais que resultaram, por exemplo, na prisão de Lula 'nove dedos' da Silva.

Então as peguntas que devem fazer é como algo conseguido ilegalmente pode ser levado em alta consideração?! As mensagens teriam sido acessadas por um ataque hacker a celulares e aplicativos de mensagens, quem mandou este serviço??! Afinal, os ataques aos procuradores da Lava Jato e ao próprio Moro têm sido constantes.

Dai surgem juristas, a tão magnânima OAB e todos pedem a ' cabeça' de Moro como se isto fosse de fato aceitável diante de fatos que não são inteiramente confiáveis, e ainda, atos que em si não há no que foi transcrito pelo The Intercept que de fato possa servir como algo que tenha se desrespeitado leis, jamais!!

Sérgio Moro deixa claro isto!

OS CÃES LADRAM E A CARVANA SEGUE...

Claro que a cachorrada esquerdista que quer Lula livre pretende se somar e no Congresso Nacional obstruir as pautas apenas como mais uma medida protelatória que em si é só para servir em atrasar o Brasil, pois, lembremos que tramita entre outras coisas a votação da Previdência, que necessita ser logo votada.

Sobriedade podemos ver do próprio Moro e da força-tarefa da Lava Jato que soltou nota que "há a tranquilidade de que os dados eventualmente obtidos refletem uma atividade desenvolvida com pleno respeito à legalidade e de forma técnica e imparcial, em mais de cinco anos de operação". 

Mais uma vez, Sergio Moro fala em "invasão criminosa" e não vê anormalidade em "supostas mensagens", e lucidez se consegue ver quando a 'Frente Parlamentar da Segurança Pública', da Câmara Federal toma posição à favor dos procuradores da República e do ex-juiz Moro - Um “duvidoso site” manipulou “livremente” o conteúdo publicado.

Assim como o caso Neymar, que estrupou ou não uma jovem, a mídia vem espichando o tema; agora, o mesmo ocorrerá com a Lava Jato, Procuradores e Moro sofrerão ataques e exposições para o simples constrangimento, ainda que não se tenha cometido por eles nenhum tipo de crime ou abuso de poder.

Ainda que saibamos que não dará em nada esta grita, Jair Bolsonaro vai olhar no olho do 'homi' e verá que Moro é Moro e que sem Moro não teremos moralização que tanto este país precisa.

O capitão sabe do poder de ataque e suspeições fantasiosas que a 'esquerda' é capaz de criar, ele mesmo tendo sido, ainda é, atacado direto pela sana destes que querem o poder de volta, e o seu maior líder solto da cadeia - como se as condenações e os 10 processos fossem tudo peças criadas! 

Sim, a semana em Brasília seguirá e muito se fará para minar o governo, e seus principais homens de comando...Mas, isto já vem sendo feito não é de agora, e o presidente da República tem se mantido firme e assim deverá continuar...