Quarta, 12 Junho 2019 13:20

LEI PARA ASSENTOS EM PRAÇAS DE ALIMENTAÇÃO

Avalie este item
(0 votos)

Reserva de assentos preferenciais nas praças de alimentação agora é lei municipal

Agora é Lei Municipal n° 2.455/2019: os shopping centers e centros comerciais, em suas estruturas físicas, áreas ou praças de alimentação devem disponibilizar assentos preferenciais para idosos, pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida e para gestantes. A lei derivou do PL n° 109/2019 de propositura do Vereador Wallace Oliveira (Pode).

Durante solenidade acontecida na Prefeitura Municipal de Manaus (PMM) no final de tarde desta segunda-feira (10), a lei foi sancionada pelo prefeito da capital, Arthur Neto.

Na ocasião, estavam presentes a primeira dama da capital e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elizabeth Valeiko Ribeiro, a deputada estadual, Professora Terezinha Ruiz, o secretário municipal da Casa Civil, Arthur Bisneto, o secretário de articulação política, Luís Alberto Carijó, vereadores, além da imprensa local e assessores parlamentares.

O vereador Wallace Oliveira agradeceu o apoio do prefeito de Manaus pela sanção da nova lei. “Agradeço o apoio do senhor prefeito de Manaus, Arthur Neto nessa conquista para todas as pessoas da nossa cidade. O objetivo dessa nova lei é proporcionar inclusão e bem estar para essas pessoas que precisam de uma atenção especial”, afirmou.

O parlamentar enfatizou que os vereadores e vereadoras são a caixa de ressonância por onde ecoa os desejos e pedidos das pessoas. “Somos os representantes da população, e sendo assim, buscamos sempre ouvi-la e desenvolver projetos de lei relevantes. Essa lei é fruto desse contato com as pessoas, e nessa tarde, estamos entregando algo importante para benefício dessas pessoas que até esse momento estavam sendo excluídas, mas agora possuem uma condição estabelecida de mobilidade e respeito”.

Em seu pronunciamento, o prefeito de Manaus, Arthur Neto, afirmou que essa nova lei é muito importante para as pessoas da capital amazonense. “Esse projeto de lei do vereador Wallace Oliveira, que se tornou lei, é louvável, pois auxiliará diversos idosos, gestantes e pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida da nossa querida cidade”, parabenizou.