PREFGOV 4 M

CHEGA MAIS 40 MILHÕES EM MEDICAMENTOS

...Governo do Amazonas adquire 500 novos itens de medicamentos e materiais hospitalares...

REDAÇÃO AgNorte

www.agnorte.com.br

Com investimento de R$ 40 milhões,cerca de 500 novos itens de medicamentos, materiais hospitalares e odontológicos chegarão às unidades de Saúde do Estado. A previsão é que, em 30 dias, os medicamentos cheguem à Central de Medicamentos do Amazonas (Cema).

Essa é a terceira aquisição expressiva do Governo David Almeida na compra de medicamentos, dentro do programa do Plano Emergencial de Saúde, que tem como obrjetivo zerar as filas de espera para exames médicos, consultas com especialistas e cirurgias eletivas.

Os novos itens adquiridos são compostos por medicamentos de alta e média complexidade, materiais laboratoriais e odontológicos e reagentes de automação para exames de gasometria (exames para pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva - UTI) e hematologia. Além dos hospitais e unidades de pronto-socorro, receberão os itens as coordenações de endemias, oncológicas, DST/AIDS, e programa Saúde Mulher de todo o Amazonas. A compra foi feita com diversos fornecedores do Brasil. 

Exibindo FOTOS VALDO LEÃO-SECOM-CEMA (22).jpg

 “Nesses dois meses, a compra de medicamentos aumentou bastante, e a tendência é que, dia após dia, o nosso estoque fique cada vez melhor. Isso é importante porque temos de atender uma porcentagem melhor dos itens solicitados pelas unidades de saúde”, avaliou o diretor da Cema, Erick Barbosa.

Neste mês de julho, a Cema fez o envio de mais de cinco mil volumes de medicamentos para a Capital e Interior. Até o dia 20 de julho devem ser concluídas as entregas dos medicamentos e materiais. 

Para os municípios das calhas do Madeira, Rio Negro, Solimões, Baixo Amazonas, Juruá e Purus foram encaminhados 3.157 volumes de medicamentos. O último embarque de medicamentos deste mês vai ocorrer no próximo sábado (15) para os municípios de Maraã (a 615 quilômetros de Manaus) e Japurá (a 780 quilômetros da capital), da Calha do Médio Solimões.

INVESTIMENTOS

Em junho, o Governo Estadual fez a aquisição de 60 itens de medicamentos de forma direta em Laboratórios Farmacêuticos Oficiais credenciados pelo Ministério da Saúde.

A compra nessa modalidade foi no valor de R$ 6 milhões e gerou uma economia de 40% aos cofres públicos.

Caso os medicamentos fossem adquiridos pelo processo de licitação, como é comumente realizado, o custo seria de R$ 10 milhões.

Em maio deste ano, em torno de R$ 52 milhões foram empregados pelo Governo para a compra dos 526 itens de medicamentos.

Governo do Amazonas adquire 500 novos itens de medicamentos e materiais hospitalares

O Governo do Amazonas realizou, nesta semana, a compra de aproximadamente 500 novos itens de medicamentos e de materiais hospitalares e odontológicos para as unidades de saúde do Estado. Com investimento de R$ 40 milhões, a previsão é que, em 30 dias, os medicamentos cheguem à Central de Medicamentos do Amazonas (Cema). Essa é a terceira aquisição expressiva de medicamentos feita na gestão do governador David Almeida, que tem como foco somar com o Plano Emergencial de Saúde, para zerar as filas de espera para exames médicos, consultas com especialistas e cirurgias eletivas.

Os novos itens adquiridos são compostos por medicamentos de alta e média complexidade, materiais laboratoriais e odontológicos e reagentes de automação para exames de gasometria (exames para pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva - UTI) e hematologia. Além dos hospitais e unidades de pronto-socorro, receberão os itens as coordenações de endemias, oncológicas, DST/AIDS, e programa Saúde Mulher de todo o Amazonas.A compra foi feita com diversos fornecedores do Brasil.

O diretor da Cema, Erick Barbosa, explica que as compras feitas continuamente dos medicamentos e materiais têm ajudado nas solicitações das unidades de saúde do Estado. “Nesses dois meses, a compra de medicamentos aumentou bastante, e a tendência é que, dia após dia, o nosso estoque fique cada vez melhor. Isso é importante porque temos de atender uma porcentagem melhor dos itens solicitados pelas unidades de saúde”, avaliou.

Neste mês de julho, a Cema fez o envio de mais de cinco mil volumes de medicamentos para a capital e interior, obedecendo a um cronograma com estratégia de logística para cada local de destino do Estado, por vias fluvial, terrestre e aérea. Até o dia 20 de julho devem ser concluídas as entregas dos medicamentos e materiais.

Para os municípios das calhas do Madeira, Rio Negro, Solimões, Baixo Amazonas, Juruá e Purus foram encaminhados 3.157 volumes de medicamentos. O último embarque de medicamentos deste mês vai ocorrer no próximo sábado (15) para os municípios de Maraã (a 615 quilômetros de Manaus) e Japurá (a 780 quilômetros da capital), da Calha do Médio Solimões.

“A cada dia estamos encaminhando as demandas, de acordo com o cronograma estabelecido, para que desta forma, possamos cumprir os prazos de atendimento das unidades de saúde”, afirmou Erick Barbosa.  

Investimentos – Em junho, o Governo Estadual fez a aquisição de 60 itens de medicamentos de forma direta em Laboratórios Farmacêuticos Oficiais credenciados pelo Ministério da Saúde. A compra nessa modalidade foi no valor de R$ 6 milhões e gerou uma economia de 40% aos cofres públicos. Caso os medicamentos fossem adquiridos pelo processo de licitação, como é comumente realizado, o custo seria de R$ 10 milhões. Em maio deste ano, em torno de R$ 52 milhões foram empregados pelo Governo para a compra dos 526 itens de medicamentos.

parente fm

ban pref arraial17

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM